quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Bone Tomahawk

Bone Tomahawk (Bone Tomahawk, EUA / Inglaterra, 2015) – Nota 7,5
Direção – S. Criag Zahler
Elenco – Kurt Russell, Patrick Wilson, Matthew Fox, Richard Jenkins, Lili Simmons, David Arquette, Sid Haig, Fred Melamed, Evan Jonigkeit, Kathryn Morris.

Durante uma fuga após assaltarem e matarem alguns vaqueiros, uma dupla de bandidos (Sid Haig e David Arquette) invade um cemitério indígena. Eles são atacados por selvagens e apenas um consegue fugir. 

Alguns dias depois, o sujeito chega a pequena cidade de Bright Hope e não demora para entrar em conflito com o xerife Hunt (Kurt Russell). Ele termina preso, mas o que ninguém na imagina é que os índios selvagens estão no encalço do sujeito. 

Os índios sequestram o assassino e mais duas pessoas, obrigando o xerife, seu assistente (Richard Jenkins), um vaqueiro com a perna fraturada e imobilizada (Patrick Wilson) e um pistoleiro (Matthew Fox) a seguirem em caçada por um território desconhecido. 

O grande mérito deste western é fugir do lugar comum do gênero, mesmo que a premissa lembre o clássico “Rastros de Ódio” de John Ford. O ritmo cadenciado da narrativa difere das perseguições alucinadas, sendo valorizada pelos ótimos diálogos, principalmente o falatório sem fim do personagem de Richard Jenkins. 

A tensão surge na meia-hora final, quando entram em cena os selvagens e a violência explode, transformando o longa quase num terror B. 

O filme marca a promissora estreia do diretor S. Craig Zahler, que também escreve o roteiro. 

Como curiosidade, o astro Kurt Russell repete o visual barbudo e cabeludo de “Os Oito Odiados”.

2 comentários:

Gustavo H. Razera disse...

Extremamente violento, achei ofensivo.

Cumps.

Hugo disse...

Gustavo - A parte final é bastante violenta realmente.

Abraço