quarta-feira, 18 de julho de 2018

Filmes Dublados Dominaram os Cinemas

Em 2012 fiz um postagem sobre como os filmes dublados estavam crescendo na tv por assinatura e nos cinemas.

O texto é um pouco longo e bem pessoal. Nele eu explico a evolução dos filmes dublados para legendados nos anos noventa através do crescimento da tv por assinatura e o retorno aos dublados nos últimos anos.

Quem tiver interesse em ler clique neste link: Filmes Legendados, Sempre!

Seis anos depois, o que era uma espécie de divisão de mercado, principalmente nas salas de cinemas, hoje se tornou quase opção única.

A maior rede de cinemas do país, que domina a maioria das salas de shopping, chega a lançar apenas filmes dublados em determinados locais. Em outros, apenas as sessões noturnas oferecem a versão legendada com som original.

Aqui em SP apenas os cinemas localizados na região da Paulista e no bairro dos Jardins oferecem um maior número de filmes legendados, no restante da cidade os dublados dominaram completamente as salas.

Como eu citei no texto de 2012, vejo isso como um enorme retrocesso que cada vez mais se torna comum. O gosto pela leitura já é algo raro no país e esta escolha de dublar praticamente todos os filmes ajuda a piorar ainda mais este cenário.

Hoje eu vejo praticamente todos os filmes em casa, vou pouco ao cinema, tanto pela falta de opções legendadas nas salas e também pela facilidade de acesso através de streaming e tv por assinatura, esta última que pelo menos oferece a opção de som original e legendas na maioria dos canais.

5 comentários:

Marília Tasso disse...

Em cidades do interior então não se encontra cinema que disponibilize a opção legendado, sem contar que os filmes mais comerciais pegam toda a programação. Os filmes que assisti mais nova dublados quando revi legendado foi outra experiência, a maioria dos atores dão uma entonação engraçada, leve e assim perde todo o sentido da história. Para um cinéfilo ir ao cinema é algo maravilhoso e é triste observar os modelos atuais, sem charme, sem opções... O jeito é assistir em casa.

Hugo disse...

Marília - Isso mesmo, a opção que restou para quem prefere filmes legendados é ver em casa.

Abraço

Luli Ap disse...

Olá Hugo
Fui ver seu post citado acima e concordo com você.
É siiiiim um retrocesso e siiiiim deveria ser uma opção.
Infelizmente acho que culturalmente há preguiça em pensar.
Não acho por exemplo que o problema principal de quem não lê seja o valor dos livros, mas a preguiça de ler.
Da mesma maneira acho que algumas pessoas tem preguiça de ler a legenda no caso de não dominarem o idioma da obra.
Já vi traduções horríveis de livros e já vi dublagens sofríveis de filmes.
Infelizmente quem opta pelo filme dublado sempreeee vai sair perdendo.
É uma pena a pessoa não ter essa conscientização :(
Também acho que há o fator financeiro, se a maioria quer isso, então é isso que oferecerem, é daí que virá o retorno financeiro. Não há preocupação em divulgar uma arte, uma obra original ou oferecer uma reflexão.
As animações então dá vontade de chorar, levei minha irmãzinha agora nas férias no cinema e juro que pensei que fosse ficar surda com tanto vozerio!!!
Aliado à dublagem foi absolutamente um desperdício.
E essas salas D-BOX com aquelas poltronas que vibram?
Convite para essas fileiras é um horror. A não ser que vc sente na última fileira, senão toma banho de refri e pipoca.
Agora sério que quem foi lá foi ver o filme? Não é melhor ir a um parque?
Os óculos 3D te deixam tonta, se vc tira vê embaçado e o ar condicionado é um gelo.
Massssss a preocupação não deveria ser a película?
Sinceramente eu realmente penso que os cinemas desvirtuaram a ideia de diversão :(
Uma pena 😑😑
Pelo menos temos a opção de assistir em casa :)
Bjs Luli

Luli Ap disse...

Nossa desculpa o tamanho do comentário :/

Hugo disse...

Luli - Não precisa se desculpar, seu comentário foi perfeito tb.

Bjs