terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Sete Psicopatas e um Shih Tzu

Sete Psicopatas e um Shih Tzu (Seven Psicopaths, Inglaterra, 2012) – Nota 7,5
Direção – Martin McDonagh
Elenco – Colin Farrell, Sam Rockwell, Christopher Walken, Woody Harrelson, Tom Waits, Zeljko Ivanek, Abbie Cornish, Olga Kurylenko, Linda Bright Clay, Brendan Sexton III, Kevin Corrigan, Long Nguyen, Harry Dean Stanton, Michael Pitt, Michael Stuhlbarg, Gabourey Sidibe.

O inglês Martin McDonagh estreou na direção com o divertido “Na Mira do Chefe”, que misturava história policial, violência, comédia e um filme sendo rodado dentro do filme. Nesta nova produção ele transporta a ação de Bruges na Bégica para Los Angeles e aumenta a dose de violência e absurdos. 

O personagem principal é o roteirista Marty (Colin Farrell), um irlandês alcoólatra que precisa escrever um filme sobre assassinos (Os Sete Psicopatas do título), mas ao mesmo tempo deseja criar uma história com alguma mensagem. Seu melhor amigo é o ator desempregado Billy (Sam Rockwell), que decide ajudá-lo de uma forma inusitada, colocando um anúncio no jornal procurando psicopatas para contarem suas histórias. O maluco Billy vive de sequestrar cães e devolver para os donos em troca de recompensa. Neste “serviço”, ele conta com a ajuda de Hans (Christopher Walken), que usa o dinheiro para pagar o tratamento da esposa doente. A situação fica ainda mais louca quando Billy sequestra o Shih Tzu do bandido Charlie (Woody Harrelson), um psicopata que é apaixonado pelo cão de estimação. 

Assim como em “Na Mira do Chefe”, o roteiro de McDonagh utiliza a metalinguagem ao misturar o desenvolvimento do roteiro de Billy com os psicopatas que surgem no filme, criando algumas sequências que beiram o nonsense. É o tipo de filme em que o espectador deve entrar no clima proposto pelo diretor e aceitar os personagens estranhos e marcantes que lembram os trabalhos de Guy Ritchie. 

Por sinal, um dos grandes destaques é o elenco. Reunir especialistas em personagens estranhos como Sam Rockwell, Christopher Walken, Woody Harrelson e o hilário cantor Tom Waits como um psicopata que carrega um coelho e procura a mulher amada já valem a sessão. 

Vale destacar ainda o sinistro diálogo entre dois assassinos interpretados por Michael Pitt e Michael Stuhlbarg (atores da série “Boardwalk Empire”) na curiosa e violenta sequência inicial.

3 comentários:

Gilberto Carlos disse...

Li ótimas críticas sobre esse filme. Preciso ver. O elenco é claro, ajuda muito.

Fabiane Bastos disse...

O Bolão do Oscar 2013 já está no ar, e claro, você está convidado!
(http://dvdsofaepipoca.blogspot.com.br/2013/02/bolao-do-oscar-2013.html)

Bons palpites!
As blogueiras do sofá (DVD, Sofá e Pipoca)

Hugo disse...

Gilberto - Para quem gosta do estilo, é um filme bem divertido.

Fabiane - Obrigado pelo convite.

Abraço