segunda-feira, 11 de julho de 2016

Trem Noturno Para Lisboa

Trem Noturno Para Lisboa (Night Train to Lisbon, Alemanha / Suíça / Portugal, 2013) – Nota 7
Direção – Bille August
Elenco – Jeremy Irons, Jack Huston, Martina Gedeck, Mélanie Laurent, Tom Courtenay, August Diehl, Bruno Ganz, Lena Olin, Marco D’Almeida, Christopher Lee, Charlotte Rampling, Burghart Klaussner.

Ao cruzar o caminho de um jovem que está prestes a cometer suicídio, o professor Raimund Gregorius (Jeremy Irons) consegue salvá-la. 

Pouco tempo depois, a jovem desaparece e deixa um casaco com o professor, que encontra em um dos bolsos um livro escrito por um português e passagens para Lisboa. Raimund tenta localizar a garota na estação de trem e impulsivamente decide utilizar a passagem. 

Durante o trajeto, ele fica fascinado com o livro e ao chegar em Lisboa, resolve procurar o escritor, dando início a uma jornada de descobrimento dele mesmo e do passado de Portugal. 

A crítica não gostou deste longa baseado em um famoso livro, muito provavelmente por compará-lo com a obra literária, mas isso não quer dizer que o filme seja ruim. 

A trama se divide em duas narrativas. No presente, o professor vivido por Jeremy Irons procura pessoas ligadas ao escritor para saber como era a vida do sujeito. A segunda narrativa detalha o passado do escritor e de seus amigos que participaram da resistência contra a ditadura de Salazar. 

Além da história interessante, os destaques ficam para as locações que exploram a cidade de Lisboa e o elenco internacional.

4 comentários:

Gustavo H. Razera disse...

Nunca vi nada de August, e a trama me soou bem chata na época do lançamento, mas após ler mais opiniões como a sua talvez me anime a assistir.

Cumps.

Pedrita disse...

esse filme é maravilhoso. amo o jeremy irons e ele está incrível nesse filme. comentei ele aqui http://mataharie007.blogspot.com.br/2014/11/trem-noturno-para-lisboa.html

Liliane de Paula disse...

Esse parece mesmo muito bom.
Quem sabe encontro no Oldflix?
Jeremy Irons é sempre muito bom.

Hugo disse...

Gustavo - Eu achei o filme interessante. Bille August teve um início promissor, mas jamais se firmou como grande diretor.

Pedrita - As locações em Lisboa são belíssimas e a história prende a atenção.

Liliane - É provável que tenha o filme neste site.