sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Assassinato no Mississipi & Explosão de Ódio


Assassinato no Mississipi (Murder in Mississipi, EUA, 1990) – Nota 7,5
Direção – Roger Young
Elenco – Tom Hulce, Jennifer Grey, Blair Underwood, Josh Charles, CCH Pounder, Andre Braugher, John Dennis Johnston.

Em 1963, o casal Mickey (Tom Hulce) e Rita Schwerner (Jennifer Grey) e o jovem negro James Chaney (Blair Underwood) são militantes em prol dos direitos civis. Eles vão de Nova York em até uma pequena cidade no Mississipi onde se juntam a outro jovem, Andrew Goodman (Josh Charles). O objetivo do grupo em fazer campanha pelos direitos civis é rapidamente combatido pelos brancos racistas do local e até mesmo por negros que não acreditam em mudanças ou que tem medo de entrar em algum conflito. Com o passar dos dias a tensão vai aumentando, até resultar numa tragédia. 

Este bom filme produzido para a tv, é baseado numa história real que inspirou o ótimo “Mississipi em Chamas” de Alan Parker, com a diferença de que aqui vemos os acontecimentos que antecederam o crime, enquanto no longa de Parker o foco é a investigação do caso. 

Vale destacar o elenco com os na época jovens Josh Charles e Blair Underwood, a eterna estrela de”Dirty Dancing” Jennifer Grey e principalmente Tom Hulce, que era famoso por sua interpretação de Mozart em “Amadeus” de Milos Forman, mas que em seguida fez poucos filmes, até quase abandonar a carreira em meados dos anos noventa.  

Explosão de Ódio ou O Caso Howard Beach (Howard Beach: Making a Case of Murder, EUA, 1989) – Nota 7,5
Direção – Dick Lowry
Elenco – Daniel J. Travanti, William Daniels, Joe Morton, Cliff Gorman, Dan Lauria, Bruce A. Young, Regina Taylor, Shanesia Davis, Gregory Alan Williams.

Em dezembro de 1986, três homens de cor negra (Joe Morton, Bruce A. Young e Gregory Alan Williams) se envolvem numa confusão ao sair de um bar no bairro de Howard Beach no Queens. Os sujeitos são espancados e um deles morre atropelado. O local é um bairro de classe média branca e os agressores todos brancos, fato que transforma o crime num caso racial e desperta uma onda de protestos e discussões por todo o país. 

Baseado num caso real, este telefilme foca no processo judicial que foi considerado por muitos como uma disputa racial e que mobilizou advogados, público e a mídia que tentava influenciar a opinião pública e por conseqüência o veredito. 

O protagonista é vivido pelo ator Daniel J. Travanti, com participações pequenas em seriados nos últimos anos, mas que na época era famoso pela ótima série policial “Hill Street Blues”.

2 comentários:

Cláudio Carlos disse...

meu caro , como faço para conseguir a legenda destes 2 filmes ou eles dublado em português

Hugo disse...

Cláudio - Eu assisti estes filmes faz um bom tempo na tv por assinatura.
Procurei agora na net, mas não encontrei as legendas.

Abraço