quinta-feira, 24 de janeiro de 2019

O Começo de um Novo Amor

O Começo de um Novo Amor (The Bachelors, EUA, 2017) – Nota 7
Direção – Kurt Voelker             
Elenco – J. K. Simmons, Josh Wiggins, Odeya Rush, Julie Delpy, Harold Perrineau, Kevin Dunn, Jean Louisa Kelly, Jae Head, Tyrel Jackson Williams.

Após perder a esposa, o professor de matemática Bill Palet (J. K. Simmons) decide mudar de colégio e de cidade. Ele consegue emprego em um colégio de elite e leva seu filho Wes (Josh Wiggins) para estudar no local. 

Enquanto tenta superar a dor pela perda, Bill é cortejado pela professora de francês Carine (Julie Delpy), enquanto Wes sente-se atraído pela complicada Lacy (Odeya Rush). 

O grande trunfo deste drama romântico é ir além dos conflitos normais do gênero. Mesmo não se aprofundando, o roteiro explora a questão da depressão por causa do luto e a eficácia nem sempre comprovada das terapias psiquiátricas. O roteiro também mostra como um conflito de casal afeta os filhos. 

Mesmo com um final esperançoso comum aos filmes do gênero, o que vale é a forma sensível de como a história se desenrola. 

Finalizando, é curioso ver os atores J. K. Simmons e Harold Perrineau dividindo algumas cenas, lembrando que eles interpretavam presidiários inimigos na antiga e violenta série “Oz – A Vida é uma Prisão”.

2 comentários:

Luli Ap disse...

Já anotei a indicação.
Esse sentimento de esperança e superação pós luto (cada pessoa tem seu tempo para administrar a perda) que se mistura a dor (quase física) depressão e terapia (que se aplica de uma maneira não personalizada) e que todo mundo um dia vai passar por isso é mostrado de forma sensível é mesmo interessante.

Hugo disse...

Luli - O filme é sensível em relação aos temas abordados.

Bjs