domingo, 31 de outubro de 2010

Halloween - A Noite do Terror


Halloween – A Noite do Terror (Halloween, EUA, 1978) – Nota 8,5
Direção – John Carpenter
Elenco – Donald Pleasence, Jamie Lee Curtis, Nancy Loomis, P. J. Soles, Charles Cyphers.

Após quinze anos internado num sanatório por ter assassinado a irmã, Michael Myers foge do local na noite de Halloween e volta para sua cidade deixando todos em pânico, principalmente seu médico, Dr. Sam Loomis (Donald Pleasence), que tenta a todo custo encontrar o rapaz antes que ele volta a matar. 

Há alguns anos este era o filme independente de maior rentabilidade da história, tendo sido produzido com 325 mil dólares e faturado 47 milhões. Além do sucesso de bilheteria, o longa inaugurou um nova era de terror, sendo seguido pelo sucesso de “Sexta-Feira 13” e posteriormente por centenas de filmes do gênero nos anos oitenta. 

O diretor John Carpenter fez aqui seu primeiro grande filme, com ótimas sequências de suspense pontuadas pela sinistra trilha sonora criada por ele próprio, por sinal ele é o responsável pela trilha de praticamente todos os seus filmes. A carreira de Carpenter decolou ainda nos anos oitenta, com clássicos como “Fuga de Nova York” e “O Enigma do Outro Mundo”, criando nestes filmes e em alguns posteriores um vínculo com o ator Kurt Russell, além disso o protagonista daqui, o veterano Donald Pleasence também foi colaborador de Carpenter em outros filmes, até sua morte em 1995. Pleasence era um ator inglês que trabalhou em mais de duzentos longas e participou de cinco filmes da série Halloween, da original até sequência número seis, exceto o terceiro longa que nada tem de ligação com a série, tendo os produtores utilizado apenas o título para tentar lucrar. 

O filme tem algumas curiosidades, como a escolha de Jamie Lee Curtis para o principal papel feminino, tendo acontecido por ela ser filha de Janet Leigh, atriz famosa pela cena do chuveiro no clássico “Psicose” de Hithcock, além disso numa das cenas algumas crianças assistem na tv o clássico de ficção B dos anos cinqüenta “O Monstro do Ártico”, que Carpenter refilmaria em 1982 como “O Enigma do Outro Mundo”. Finalizando, apesar do longa ter tido mais sete sequências e duas refilmagens, Carpenter dirigiu apenas o original.

5 comentários:

seriados disse...

É chegou a época do Halloween boa opção de filme! o legal mesmo é a historia da mitologia celta, de lá surgiram várias brincadeiras do Halloween

Jack, The Ripper disse...

Grande filme esse Halloween, tão bom quanto sua sequência. Sem dúvida melhor que o "Sexta Feira 13".

Hugo disse...

Seriados - Este é um dos clássicos do cinema de terror e suspense.

Jack - Tb considero melhor que "Sexta-Feira 13".

Abraço

Rodrigo Mendes disse...

Clássico!

O único dos psicopatas mascarados de Hollywood que valeu a pena. O segundo tbm é muito bom!

Abs.
Rodrigo

vitor silos disse...

Um dos poucos filmes do gênero realmente bom.

Vitor Silos
www.volverumfilme.blogspot.com