terça-feira, 8 de janeiro de 2019

O Desaparecimento de Sidney Hall

O Desaparecimento de Sidney Hall (Sidney Hall, EUA, 2017) – Nota 7,5
Direção – Shawn Christensen
Elenco – Logan Lerman, Elle Fanning, Kyle Chandler, Michelle Monaghan, Blake Jenner, Nathan Lane, Tim Blake Nelson, Yahya Abdul Mateen II, Margaret Qualley.

O roteiro escrito pelo diretor Shawn Christensen em parceria com Jason Dolan divide a narrativa em três épocas diferentes de forma não linear para contar a história de vida do jovem escritor Sidney Hall (Logan Lerman). 

A primeira narrativa detalha a adolescência de Sidney, quando ele sofre com o difícil relacionamento com a mãe (Michelle Monaghan), começa um relacionamento com a vizinha Melody (Elle Fanning) e se envolve numa complicada história com o atleta Brett (Blake Jenner). 

A segunda narrativa segue o sucesso de Sidney como escritor, ao mesmo tempo em que passa por uma crise no casamento e enfrenta problemas psicológicos. O terceiro segmento ocorre nos dias atuais, quando um sujeito (Kyle Chandler) investiga o paradeiro de Sidney, que desapareceu há alguns anos sem deixar pistas. 

O longa segue o estilo dos filmes biográficos, com um personagem principal extremamente brilhante e ao mesmo com personalidade complexa, com o detalhe de tudo aqui ser apenas ficção. 

O roteiro esconde algumas pequenas surpresas que vão sendo reveladas aos poucos e que terminam por encaixar as três narrativas. 

O jovem Logan Lerman mostra novamente seu talento para papéis dramáticos e o eterno coadjuvante Kyle Chandler também defende muito seu importante papel. 

O resultado é um bom drama que foca em um protagonista excêntrico.

4 comentários:

Liliane de Paula disse...

E o personagem existiu e desapareceu mesmo?
É baseado em fatos reais?
É um filme que parece interessante.

Estou assistindo o seriado "Barry".
ainda muito no inicio.

Assistiu Roma (não lembro).
Ganhou algum Globo de Ouro.

Hugo disse...

Liliane - Não é história real. Realmente o filme é bem interessante.

Luli Ap disse...

Não conhecia o filme, bem instigante e tem as pontinhas alinhavadas durante as três etapas da película através de surpresas que vão sendo descortinadas.
Fiquei curiosa, vai para a lista dos desejados.

Hugo disse...

Luli - A história é bem amarrada nos três tempos.

Bjs