terça-feira, 22 de agosto de 2017

O Filme da Minha Vida

O Filme da Minha Vida (Brasil, 2017) – Nota 7
Direção – Selton Mello
Elenco – Johnny Massaro, Vincent Cassel, Selton Mello, Bruna Linzmeyer, Ondina Clais, Bia Arantes, Rolando Boldrin, Martha Nowill, João Prates, Antonio Skármeta.

Remanso, interior do Rio Grande do Sul, 1963. Após se formar professor, Tony (Johnny Massaro) volta para sua cidade e se surpreende ao ver seu pai (Vincent Cassel) partir de volta para França. 

Enquanto sonha com a volta do pai, ele se envolve com a jovem Luna (Bruna Linzmeyer) e convive com a tristeza da mãe (Ondina Clais). Sua amizade com Paco (Selton Mello) e com o garoto Augusto (João Prates), o levam também a visitar um prostíbulo na cidade vizinha. 

Esta terceira incursão do ator Selton Mello na direção pode ser analisada de formas diferentes. A parte técnica é belíssima, tanto nos enquadramentos da paisagem natural da região, como na reconstituição de época e no figurino. 

O elenco tem altos e baixos. Os destaques ficam para Selton Mello interpretando o rude Paco e o sempre competente Vincent Cassel com seu português quase perfeito. Por outro lado, o protagonista Johnny Massaro parece muito frágil para o papel, inclusive com um mudança de comportamento um pouco forçada na sequência final da festa. A participação de Rolando Boldrin é mais uma homenagem ao veterano ator, cantor e apresentador. A importância de seu personagem na história é zero. 

A história que é baseada em livro de Antonio Skármeta, que faz uma ponta como o dono do bordel, também é clichê, lembra uma novela de época. Até mesmo a revelação da parte final está longe de ser surpreendente. 

Selton Mello novamente mostra talento como diretor, mesmo com uma história apenas razoável.

4 comentários:

Amanda Aouad disse...

A história é frágil mesmo, algumas questões me incomodam até, mas a direção é muito boa. Acho que Selton Mello só evolui em técnica e ainda pode se tornar um dos grandes diretores brasileiros de todos os tempos. Mas O Palhaço ainda é seu melhor filme.

bjs

Hugo disse...

Amanda - Sim, Selton Mello tem talento para direção. Vamos esperar seus próximos trabalhos.

Bjos

Liliane de Paula disse...

Filme nacional, por que não gosto?

Hugo disse...

Liliane - Alguns filmes brasileiros são bons, mas infelizmente ainda em uma quantidade menor do que deveria ser.