segunda-feira, 1 de junho de 2020

Anna: O Perigo Tem Nome

Anna: O Perigo Tem Nome (Anna, França / EUA / Canadá / Rússia, 2019) – Nota 7
Direção – Luc Besson
Elenco – Sasha Luss, Helen Mirren, Cillian Murphy, Luke Evans, Lera Abova, Eric Godon, Andrew Howard.

Europa, 1990. Anna (Sasha Luss) é uma agente da KGB que utiliza como disfarce o trabalho de modelo em Paris. 

Enquanto sonha em se aposentar após cinco anos de serviço, Anna participa de inúmeras missões de assassinatos, até se ver envolvida em uma complicada trama de espionagem entre a KGB e a CIA. 

O diretor francês Luc Besson buscou a premissa de “Nikita – Criada Para Matar” que ele mesmo comandou em 1990 e reinventou uma história sobre a jovem drogada que é transformada em assassina profissional. 

Besson também tentou fazer com a modelo Sasha Luss a mesma coisa que fez com sua então namorada Milla Jovovich com “O Quinto Elemento” em 1997 ao transformá-la em heroína de ação. 

Outra fonte de inspiração para o diretor é o atual sucesso da franquia “John Wick” ao criar sequências de ação absurdas, em que a protagonista sozinha elemina um número enorme de inimigos. As sequências no restaurante e na sede da KGB são porradaria pura. 

Um dos acertos é a montagem que desenvolve a história com idas e vindas no tempo para explicar algumas situações, sempre detalhando uma pequena surpresa ou traição. 

O resultado é uma boa diversão para os fãs do cinema de ação.

2 comentários:

Liliane de Paula disse...

Não vi Nikita e esse parece não ser interessante para mim.
Bjs,

Hugo disse...

Liliane - É filme de ação. Indicado para quem gosta.

Bjs