segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Crimes Temporais

Crimes Temporais (Los Cronocrimenes, Espanha, 2007) – Nota 8
Direção – Nacho Vigalondo
Elenco – Karra Elejalde, Candela Fernandez, Bárbara Goenaga, Nacho Vigalondo.

Hector (Karra Elejalde) e sua esposa Clara (Candela Fernandez) se mudam para uma casa num local isolado no interior da Espanha. Do quintal, Hector tem o hábito de utilizar um binóculo para ver a floresta que fica nos arredores de sua bela casa. Durante uma espiada ele vê um bela jovem (Bárbara Goenaga) se despindo numa clareira. O fato desperta curiosidade e atração no sujeito de meia-idade, que decide vasculhar o local. Ele encontra a jovem aparentemente morta e do nada recebe uma tesourada no braço, fugindo sem ver quem o atacou. Desesperado, Hector busca abrigo numa propriedade no meio da floresta e descobre que o local é um laboratório ao encontrar um cientista (o diretor Nacho Vigalondo), que pede para ele se esconder em uma espécie de tanque, porém Hector não imagina que aquilo é uma máquina do tempo. 

Esta ficção B produzida na Espanha é um exemplo de como uma boa história e um diretor criativo são mais importantes que muito dinheiro para se fazer um bom filme. 

O roteiro aparentemente maluco, brinca com o tema viagem no tempo ao criar três situações que se amarram em uma única história e que faz o espectador quebrar a cabeça para acompanhar, além de apresentar um final que não soluciona absolutamente nada, porém que se mostra totalmente de acordo com a proposta do roteiro. 

Se as interpretações são fracas, apenas o protagonista pode ser considerado um ator razoável, por outro lado a direção de Nacho Vigalondo é promissora. Ele com certeza é um cinéfilo, já que o filme utiliza ideias de diversos longas. O cinéfilo mais atento verá citações a “Janela Indiscreta”, “Efeito Borboleta”, “Corra Lola, Corra”, “De Volta Para o Futuro” e até ao ótimo e esquecido “Darkman – Vingança Sem Rosto” de Sam Raimi. Por todos estes motivos, é um longa obrigatório para quem gosta de filmes com temáticas fora do comum.

2 comentários:

Marcelo Leite disse...

Não foi esse que o Tom Cruise comprou os direitos para um remake?

Hugo disse...

Marcelo - Não vi esta notícia, mas é provável que isto aconteça. A trama é do tipo que Hollywood gosta de refilmar.

Abraço