segunda-feira, 11 de junho de 2018

Segurança em Risco & Assassinos Múltiplos


Segurança em Risco (Security, EUA, 2017) – Nota 6,5
Direção – Alain Desrochers
Elenco – Antonio Banderas, Ben Kingsley, Liam McIntyre, Cung Le, Chad Lindberg, Katherine Mary de la Rocha.

Eddie Deacon (Antonio Banderas) é um veterano do exército que estava desempregado há mais de um ano e que consegue um emprego de segurança noturno em um shopping. Na primeira noite de trabalho junto com uma equipe de quatro outros seguranças, Eddie encontra uma adolescente (Katherine Mary de la Rocha) pedindo socorro na porta do shopping. Ele dá abrigo a garota que está sendo perseguida por uma quadrilha de assassinos por ser testemunha de um crime. É o início de uma noite terror dentro do shopping.

Por mais que o roteiro explore uma típica história de policial B repleta de clichês, este longa resulta num interessante passatempo para quem gosta de ação. Não espere boas interpretações ou realidade, a proposta é prender a atenção através das boas cenas de ação recheadas de tiros e violência.

Os astros Antonio Banderas e Ben Kingsley parecem se divertir como herói e vilão respectivamente. 

Assassinos Múltiplos (Acts of Vengeance, Bulgária, 2017) – Nota 5,5
Direção – Isaac Florentine
Elenco – Antonio Banderas, Paz Vega, Karl Urban, Johnathon Schaech, Robert Forster.

Frank Valera (Antonio Banderas) é um bem sucedido advogado que fez carreira defendendo criminosos. Quando sua esposa e filha são assassinadas, Frank se entrega a culpa e a bebida. Um determinado fato faz com que ele procure retomar o rumo de sua vida com o objetivo de encontrar o assassino de sua família. 

Os clichês cinematográficos as vezes são bem explorados como no filme que comentei acima, mas quase sempre são sinônimos de falta de criatividade do diretor e do roteirista. Este “Assassinos Múltiplos” se encaixa na segunda opção. A jornada do protagonista vivido por Antonio Banderas do sucesso profissional até o fundo do poço, seguido pelo reviravolta em busca da vingança, além de previsível está recheada de absurdos, incluindo alcoolismo, brigas clandestinas e autoajuda para superar o trauma. 

Uma verdadeira salada russa dirigida pelo péssimo Isaac Florentine e uma enorme bola fora na carreira de Antonio Banderas.

4 comentários:

Luli Ap disse...

Olá Hugo
Gostei de Segurança em risco, me surpreendeu, confesso que com aquele chefe de segurança do shopping fosse ser levinho, mas foi de ação mesmo e muitas mortes. Bacana até ele bater continência para o Banderas perto do final.
E Assassinos múltiplos eu gostei :)
Que pena que vc não gostou.
É bem verdade que logo descobri o assassino, mas a motivação me surpreendeu.
Achei bacana ele se concentrar com voto de silêncio, eu nunca conseguiria :p
E até a enfermeira e o cão rastreador do aeroporto achei bem inseridos.
Bjs Luli
https://cafecomleituranarede.blogspot.com.br

Hugo disse...

Luli, gostei de "Segurança em Risco" principalmente pelas cenas de ação. É o tipo de diversão sem compromisso. Por outro lado, achei "Assassinos Múltiplos" exagerado, mesmo com as boas sacadas que vc citou.

Bjos

Liliane de Paula disse...

"Security" (Segurança em risco) parece um bom filme de ação, Hugo.
E imagine a cena de alguém querendo entrar num Shopping por está sendo seguida.
Quem sabe eu acho.
Não sou muito fã de filmes de ação mas talvez seja bom vê o Antonio Banderas, em ação.
Foi para minha lista.

Assisti 2 bons filmes por esses dias: O argentino "Um cidadão ilustre" com Oscar Martinez, maravilhoso.
E vi "Indignação" baseado num livro de Phillip Roth

Hugo disse...

Liliane - Destes eu vi e gostei bastante de "O Cidadão Ilustre".