terça-feira, 19 de junho de 2012

Homem-Aranha 2

Homem-Aranha 2 (Spider Man 2, EUA, 2004) – Nota 8
Direção – Sam Raimi
Elenco – Tobey Maguire, Kirsten Dunst, James Franco, Alfred Molina, Rosemary Harris, J. K. Simmons, Donna Murphy, Daniel Gillies, Dylan Baker, Bill Nunn, Vanessa Ferlito, Willem Dafoe, Cliff Robertson, Ted Raimi, Bruce Campbell, Elya Baskin, Brent Briscoe, Hal Sparks, Emily Deschanel.

Mesmo sendo o herói Homem-Aranha, a vida normal de Peter Parker (Tobey Maguire) está uma bagunça. Com dificuldades financeiras, precisando ajudar sua tia (Rosemary Harris) para não perder a casa, indo mal na universidade, tendo de lidar com o ódio de seu amigo Harry Osborn (James Franco) pelo Homem-Aranha e não podendo revelar sua identidade, além disso sua amada Mary Jane (Kirsten Dunst) está prestes a se casar com o filho de J. Jonah Jameson (J. K. Simmons). Para piorar a situação, o Dr. Otto Octavius (Alfred Molina) falha numa experiência e acaba tendo quatro braços fundidos a seu corpo, se transformando no vingativo Dr. Ock. 

Tão divertido e recheado de cenas de ação bacanas quanto o original, esta sequência traz novos vilões, além do Dr. Ock, temos a pequena participação de Dylan Baker como seu professor Dr. Curt Connors, que num futuro longa poderia ser o Lagarto, além de James Franco que se prepara para assumir o lugar do pais, o Duende Verde. 

A escolha por mostrar a vida de Peter Parker totalmente confusa é interessante para destacar a fragilidade do herói como pessoa comum. 

Novamente uma ótima diversão que preparava terreno para o fechamento da inevitável trilogia. 

11 comentários:

Rodrigo Mendes disse...

O Sam Raimi só fez besteira no terceiro filme. O Alfred Molina é o que mais acerta neste filme.

Abs.

Thomás R. Boeira disse...

Excelente filme!
O melhor da trilogia do Sam Raimi.
Gosto muito do modo como é retratada a vida modesta que o Peter leva e de todas as confusões que aparecem no caminho dele, tanto com a Mary Jane quanto com o Harry. E Alfred Molina como vilão não poderia ter sido melhor. :)

Abraço,
Thomás
http://www.brazilianmovieguy.blogspot.com.br/

Marcelo keiser disse...

É o melhor de todos!
O terceiro filme errou feio.

Abraço!

Luís disse...

Não sei por que, mas não consigo levar esse filme totalmente a sério. Aliás, apesar de gostar dos filmes do Homem Aranha, gosto até do terceiro, sinto que eles são meio zoadinhos...

Amanda Aouad disse...

Gosto desse filme, é uma diversão garantida mesmo, apesar de não achá-lo tão redondo quanto o primeiro. Fora que ele quebra um paradigma do herói anônimo, aqui Peter Parker é revelado para os anônimos do trem, para a namorada, para o amigo / inimigo. Mas, ainda assim é um belo filme.


bjs

Gilberto Carlos disse...

Um bom filme. Vamos ver se a nova versão (ou refilmagem) vai conseguir ser tão boa.

Hugo disse...

Rodrigo e Marcelo - Não considero o três tão ruim, mas com certeza é inferior aos dois primeiros.

Thomás - É o que tem a melhor história.

Luís - Eu gosto da trilogia, são no mínimo filmes divertidos.

Amanda - Apesar deste detalhe, o filme é diversão de primeira.

Gilberto - Considero ser muito cedo para uma refilmagem, mas vamos esperar o resultado.

Abraço a todos

Bússola do Terror disse...

É. Também acho que esse é o melhor da série.

O Narrador Subjectivo disse...

Não tenho grandes esperanças para o reboot, que me parece desnecessário depois destas versões de Sam Raimi. Este e o primeiro são mesmo muito bons. Abraço

http://onarradorsubjectivo.blogspot.pt/

Filosofia de Filmes e Livros (Francisco Matheus) disse...

O homem aranha 2 é melhor do que os outros, foi o mais premiado, e dá muito mais emoção. O Peter tem MOMENTOS distintos, uma hora ele está muito feliz e de bem com a vida, despreocupado... Outra hora ele está cheio de problemas, e sendo muito criticado por todos tendo ainda que ser o super-herói de uma cidade.

Hugo disse...

Bússola - Este é o mais completo.

Narrador - O reboot tem cara de ser mais do mesmo.

Francisco - Estes problemas na vida de Peter Parker são interessantes, deram um cara diferente ao que seria normal num filme de super herói.

Abraço a todos