sexta-feira, 21 de agosto de 2009

À Procura da Felicidade

À Procura da Felicidade (The Pursuit of Happyness, EUA, 2006) – Nota 8
Direção – Gabriele Muccino
Elenco – Will Smith, Thandie Newton, Jaden Christopher Syre Smith, Brian Howa, James Karen, Dan Castellaneta, Kurt Fuller.

No início dos anos oitenta, Chris Gardner (Will Smith) investiu todas as suas economias num aparelho de scanner ósseo pensando ser lucro garantido, porém não contava com a dificuldade em vende-los, o que acaba causando um rombo em suas finanças e obriga sua esposa (Thandie Newton) a trabalhar dobrado para pagar as contas e cuidar do filho Christopher (Jaden Christopher Rise Smith). Esse problema financeiro acaba influenciando na vida do casal e a esposa acaba saindo de casa deixando ele e o filho, para ir morar em outra cidade.

Chris cada vez mais enrolado resolver participar de um estágio para ser corretor de valores de qualquer forma e terá de enfrentar muitos obstáculos, o principal deles a falta de dinheiro para realizar seu sonho.

Baseado em história real, o filme conta com sensibilidade esta saga de fé e perseverança de um homem decidido a conseguir o que deseja, apesar de alguns momentos que parecem ter sido feitos especialmente para o filme.

O diretor italiano Gabriele Muccino tem granda ajuda da boa interpretação de Will Smith que consegue passar toda a vontade de vencer do personagem e ao mesmo tempo o medo das conseqüências de sua aposta.

12 comentários:

Kau Oliveira disse...

Hugo, eu tenho problemas com este filme. Acho bastante pretensioso e melodramático demais. Will Smith é exagerado, a meu ver. Mas sei que sou um dos únicos que acha isso, hahaha.

Abs!

Ibertson Medeiros disse...

Ainda não vi esse e Sete Vidas, do mesmo diretor. Parece ser uma choradeira só, mas ainda tenho vontade de vê-los. Will Smith não está se dando muito bem ultimamente em seus projetos. Nas bilheterias está nas alturas, mas em relação à qualidade dos filmes, já é outra coisa.

Thiago Paulo disse...

Acho esse filme lindo, pelo menos a história por trás da produção é. Gostei quando assisti.


Abraços.

ricardo martins disse...

Esse filme mostra como um pai pode amar um filho e que podemos alcançar tudo que quisermos,se batalhar pelo mesmo!!
Will Smith,para mim só faz filmes bons,esse é um deles!!!
mas faz tempo que ele nao faz uma comédia né???
Valeu

Paulo Roberto Montanaro disse...

Há alguns boatos sobre a verdadeira história por trás do filme. Uma delas é que a esposa foi embora porque apanhava constantemente. Outra (cuidado spoiler) é que pai e filho dormem no banheiro não por falta de dinheiro, mas porque ele não quer gastar com moradia.

Tirando isso, e analisando como filme, é um ótimo programa para levar a namorada para se emocionar. Muito bem feito para o seu propósito, não há quem não se emocione com a expressão de alegria do personagem em uma certa altura do filme.

Há braços
Paulo

Roberto F. A. Simões disse...

Ainda não vi. Nem tão-pouco a outra cooperação entre SMith e o realizador.

Mas soa-me a filme de 4*

=P

Cumps.
Roberto Simões
CINEROAD - A Estrada do Cinema

Hugo disse...

Kau - Se tentarmos comparar com a vida real a qual o fica diz se basear, sem dúvida fica forçado, mas considerando apenas como cinema, gostei deste drama.

Ibertson - Nem sempre grande bilheteria é sinal de filme bom. Como escrevi na resenha, apesar do drama, gostei deste filme. Sete Vida eu ainda não vi.

Thiago - A história parece ser, mas nosso amigo Paulo Roberto conta o caso um pouco diferente abaixo.

Ricardo - Tb acho que como cinema é um bom espetáculo e Will Smith tenta deixar de lado um pouco seu lado de comédia. Geralmente um ator quando chega no patamar de sucesso deste, sempre quer mudar algo.

Paulo Roberto - Com certeza é o tipo de filme que as mulheres adoram, inclusive minha esposa se emocionou muito.
Agora não sabia deste lado verdadeiro da história, mas não duvido que seja verdade. Heróis imaculados só no cinema e olhe lá.

Roberto - A outra obra "Sete Vidas" eu ainda não assisti tb.

Abraço a todos

it was RED - Para quem gosta de cinema disse...

Concordo com o Kau. Achei o filme bem melodramático, bem "fell god" com sua mensagem positiva. Não gosto muito de filmes muito "bonitinhos". Abraço!

O Cara da Locadora disse...

É um filme melodramático sim, mas ahn... é uma histórinha legal que foi contada de uma ofrma legal, o filme só não pode ser sobrevalorizado... Temos a atuação do Will que é sensacional, fora isso nada de mais...

Hugo disse...

It Was Red - Com certeza o filme foi feito para manipular o sentimento do público, mas mesmo assim achei superior a maioria dos filmes do gênero.

Cara da Locadora - Concordo plenamente, é um bom filme, apenas isso.

Abraço

Gema disse...

Comprei este filme ontem, num pack com o filme 7 vidas, também com Smith ;)
Logo verei se ambos são mesmo bons :)
Bjs

Hugo disse...

Gema - Tenho certeza que vc vai gostar. Quero assistir "Sete Vidas" também.

Bjos