quarta-feira, 13 de junho de 2018

Lembranças de um Verão

Lembranças de um Verão (Hearts in Atlantis, EUA, 2001) – Nota 8
Direção – Scott Hicks
Elenco – Anthony Hopkins, Anton Yelchin, Hope Davis, Mika Boorem, David Morse, Alan Tudyk, Tom Bower, Celia Weston, Adam LeFevre, Will Rothhaar.

Após ser avisado da morte de um amigo de infância, o fotógrafo Bobby Garfield (David Morse) segue para acompanhar o funeral em sua cidade natal. A volta para a pequena cidade desperta lembranças do último verão que ele passou no local quando tinha onze anos de idade. 

A partir daí, a narrativa volta para os anos sessenta, quando Bobby (Anton Yelchin) aproveitava a infância ao lado de Sully (Will Rothhaar) e Carol (Mika Boreem). Neste último verão, a mãe de Bobby (Hope Davis) que era viúva, sonhava em conseguir uma promoção no emprego e também um novo companheiro. 

Precisando de dinheiro, ela aluga o andar de cima da casa para o Ted Brautigan (Anthony Hopkins), um homem misterioso que chegou a cidade e que termina por criar um estreito laço de amizade com Bobby. 

O ar de nostalgia que permeia a narrativa é um dos grandes acertos deste sensível longa sobre um tipo de infância e também um mundo que não existe mais. Por sinal, o filme é baseado em um conto de Stephen King e tem algumas semelhanças com o hoje clássico “Conta Comigo”. 

O roteiro explora também o amadurecimento do protagonista vivido pelo ótimo Anton Yelchin, que infelizmente faleceu de forma trágica em um acidente em 2016, quando tinha apenas vinte e sete anos e uma carreira consolidada. A química de seu personagem com o veterano Anthony Hopkins é sensacional, resultando em momentos emocionantes. 

É um filme marcante, que merece ser mais conhecido.

4 comentários:

Liliane de Paula disse...

Adorei a resenha, Hugo e já anotei para vê quando achar.
Anton Yelchin conheci no filme "Loucamente apaixonados" que nem gostei muito (do filme).

O Telecine vai passar "The dinner", (O jantar) com Richard Gere, por esses dias.
E "Columbus Circle" só encontro trailler.

Seu poodle foi adotado já com uns 2 anos.
Que maravilha, Hugo!
Geralmente não querem.
Das minhas gatas 04 foram adotadas já adultas.
E nossa poodle devia ter 1 ano quando chegou aqui. Agora tem 15 anos.

Hugo disse...

Liliane - Na verdade eu adotei a poodle já adulta, mas não sei exatamente a idade dela. Hoje já está mais velhinha, acredito que tenha pelo menos uns 12 anos. Eu estou com ele faz 6 anos e meio.

Luli Ap disse...

Olá Hugo
Não conhecia o filme e amei a resenha.
Vou favoritar aqui e procurar para assistir.
Adoro filmes com esse plot, volta ao passado são sempre momentos para se refletir.
Amo sir Hopkins e adorei a atuação de Anton Yelchin em Star Trek!
Tb gostei demais de Conta Comigo e sou "kingniana" fã de carteirinha do SK.
Com certeza vou amar o filme.
Bjs Luli
https://cafecomleituranarede.blogspot.com.br

Hugo disse...

Luli - É um filme que descobri faz pouco tempo e gostei bastante.

Bjos