domingo, 24 de junho de 2018

Caso 39

Caso 39 (Case 39, EUA / Canadá, 2009) – Nota 6
Direção – Christian Alvart
Elenco – Renée Zellweger, Jodelle Ferland, Ian McShane, Bradley Cooper, Callum Keith Rennie, Adrian Lester, Kerry O’Malley, Cynthia Stevenson.

Emily (Renée Zellweger) é uma assistência social que dedica sua vida ao trabalho. Ao receber um novo caso, o de número de 39 de sua lista, ela decide visitar a família. 

A escola avisou o serviço social da dificuldade demonstrada pela garota Lilith (Jodelle Ferland) em se relacionar com outras crianças. Emily é mal recebida pelos pais (Callum Keith Rennie e Kerry O’Malley), que demonstram algo estranho em relação a filha, que parece assustada. 

Obcecada em descobrir o que ocorre naquela casa, Emily procura ajuda de um policial (Ian McShane), porém nem tudo é o que parece. 

É um filme que segue a cartilha dos suspenses que utilizam crianças como vítimas ou portadores de algo fora do comum. 

Por mais que algumas cenas de suspense sejam tensas, isso é pouco para salvar a história repleta de clichês. Praticamente tudo que ocorre é esperado pelo cinéfilo que acompanha o gênero. 

O filme prende a atenção, mas não apresenta nada de novo.

6 comentários:

José Gomes disse...

Caso 39 é um filme que pode agradar pessoas menos exigentes.
Comentei sobre ele aqui: https://consideracoessobrefilmes.blogspot.com/2017/11/caso-39.html

Pedrita disse...

é razoável. renée está insuportável de ruim. tb comentei aqui http://mataharie007.blogspot.com/2017/07/caso-39.html

Liliane de Paula disse...

Tenho anotado esse filme para vê e pensei que era da sua lista.
Mas vou vê, sim.

Se gosta de filmes antigos veja por uma semana o Oldflix.
7 dias free.

Hugo disse...

José e Pedrita - No máximo razoável mesmo.

Liliane - Obrigado pela dica.

Luli Ap disse...

Siiiiim concordo que é clichê e que não há mesmo nenhuma novi no roteiro.
Passa bem o tempo, mas não faz pular da poltrona rsrs
A cena final está mais para drama com ela lembrando do acidente na infância do que pra terror com a garotinha maléfica.
Bjs Luli

Hugo disse...

Luli - Isso mesmo, o filme fica no meio termo. Pouca assusta e o drama também não convence.

Bjos