quarta-feira, 19 de maio de 2010

A Mão do Diabo

A Mão do Diabo (Frailty, EUA, 2001) – Nota 8,5
Direção – Bill Paxton
Elenco – Bill Paxton, Matthew McConaughey, Powers Boothe, Matt O’Leary, Jeremy Sumpter, Luke Askew, Levi Kreis.

O bom ator Bill Paxton estreou na direção com este suspense de primeira, baseado num pesado texto de Brent Hanley, que também roteirizou o filme.

A história começa numa noite chuvosa, quando o estranho Fenton Meiks (Matthew McConaughey) procura o agente do FBI Wesley Doyle (Powers Boothe) encarregado do caso do assassino “das mãos de Deus” e alega que o culpado é seu irmão que acabou de se matar. O que a princípio o agente acha ser uma história de mais um maluco, aos poucos vai ficando interessado conforme Fenton conta que quando criança seu pai, um mecânico viúvo (Bill Paxton) diz ter conversado com Deus e este teria passado a missão de destruir os demônios que habitam no mundo, inclusive enviando uma lista dos nomes. A partir daí o mecânico obriga Fenton e o irmão pequeno Adam a participar da caça e destruição dos demônios.

Paxton dirige com talento uma história que poderia ser apenas mais um filme sanguinário, porém ele acerta ao utilizar a sugestão na hora dos assassinatos, mostrando o rosto dos garotos, com a desaprovação e o horror sentido por Fenton e a crença no pai do menino Adam, sem contar na ótima reviravolta final e na explicação que com certeza deixará todo mundo com uma grande dúvida na cabeça.

 Grande estréia de Bill Paxton como diretor.

11 comentários:

Thiago Paulo disse...

Eu adoro esse filme, até tenho ele aqui. Já assisti algumas vezes! rs

Gosto dos atores, o trio principal está ótimo. E a revelação final é demais! me lembro que assisti com meu irmão e egente ficou tenetando descobrir se tudo era real ou imaginario. Demais!

Abraço!

Tiago Britto disse...

Esse filme é muito bom! uma dúvida!! viu a indicação lá no blog? abs

Edson Cacimiro disse...

Esse filme é muito bom, vale a pena.

Adriano Pereira disse...

Muito bom esse filme e o seu blog também Hugo.
A propósito, linkei o seu blog no meu, um abraço.

http://dropsdecinema.blogspot.com/

@Raspante disse...

Ainda não vi este longa, mas fiquei curioso, fiquei intrigado! rs
Cara, valeu mesmo por me linkar e me seguir, também já estou seguindo e linkando!
Até mais!

Nekas disse...

Vamos lá ver se Paxton é melhor realizador que actor.

Abraço
Cinema as my World

Hugo disse...

Thiago - É um filme bem legal, extremamente competente.

Tiago - Desculpe, mas não encontrei a indicação no seu blog. Se puder mostrar onde está eu agradeço.

Edson - Ótimo para quem gosta de suspense.

Adriano - Valeu, estou linkando seu endereço por aqui também.

Raspante - Sempre que puder visitarei seu blog.

Nekas - Não sei, mas que este filme é muito bom, tenho certeza.

Abraço a todos

Marcio Melo disse...

Vi este filme no cinema e já tinha até me esquecido.

É um filme realmente muito bom.

Boa lembrança!

Hugo disse...

Marcio - O filme já tenha quase dez anos e está um pouco esquecido, mas é muito bom.

Abraço

Silvano Vianna disse...

Muito bom mesmo. Gostei bastante dele e me surpreendeu positivamente o modo como o Paxon conseguiu levar o filme de maneira tão legal, não caindo nos cliches e criando uma ótima obra de suspense que consegue ter um final surpreendente. Hugo do lado direito em marcadores tem um chamado Indicações de DVD lá que esta situado esse e outros filmes que eu indico para a locação.
Abraços!

Hugo disse...

Silvano - Vou visitar seu blog e ver esta lista de indicações.

Abraço