sexta-feira, 23 de novembro de 2018

Chacrinha: O Velho Guerreiro

Chacrinha: O Velho Guerreiro (Brasil, 2018) – Nota 7
Direção – Andrucha Waddington
Elenco – Stepan Nercessian, Eduardo Sterblitch, Gianne Albertoni, Carla Ribas, Pablo Sanábio, Rodrigo Pandolfo, Antônio Grassi, Thelmo Fernandes, Laila Garin, Marcelo Serrado, Amanda Grimaldi, Karen Junqueira, Gustavo Machado.

Entre o início dos anos quarenta até sua morte em 1988, o apresentador Abelardo Barbosa, o Chacrinha (Stepan Nercessian na terceira idade e Eduardo Sterblitch na juventude) fez enorme sucesso primeiro no rádio e depois na televisão. 

Este longa detalha os momentos principais destes mais de quarenta de carreira e de vida do personagem. Seu casamento com Florinda (Amanda Grimaldi na juventude e Carla Ribas), sua relação com os filhos (Rodrigo Pandolfo o mais velho e Pablo Sanábio em papel duplo interpretando os gêmeos), com o amigo Oswaldo (Gustavo Machado e Antônio Grassi), com a maluca Elke Maravilha (uma surpreendente Gianne Albertoni) e com o famoso executivo da Rede Globo Boni (Thelmo Fernandes), além de seu affair com a cantora Clara Nunes (Laila Garin). 

Vale destacar que o roteiro mesmo não se aprofundando, também detalha o lado negativo de Chacrinha. Sua infidelidade, o gênio explosivo e intempestivo, as caravanas em que os artistas eram obrigados a se apresentar de graça em troca da participação no programa de tv e o famoso “jabá”, o dinheiro que recebia por fora para alavancar carreiras. 

Outro destaque são as interpretações de Eduardo Sterblitch e Stepan Nercessian, principalmente o segundo que criou uma cópia fiel do apresentador, inclusive na tonalidade da voz. 

É um filme que cumpre o que promete e ainda mostra detalhes de bastidores pouco conhecidos pelo público.

4 comentários:

Liliane de Paula disse...

Esse filme já estava na minha lista.
Porque fui fã de irreverência do velho guerreiro, numa época que pouco via TV.
Adora vê as Chacretes, as danças das Chacretes.
Deve ser alegria pura, não é?

Hugo disse...

Liliane - O filme tem muitas cenas alegres e interessantes, mas também mostra o lado negativo do personagem e dos bastidores da tv.

Luli Ap disse...

Huuummm esse não me interessou não :/

Hugo disse...

Luli - É um filme mais indicado para o público que passou dos quarenta anos de idade e que conheceu o verdadeiro Chacrinha.

Bjs