domingo, 21 de outubro de 2018

Sicário: Dia do Soldado

Sicário: Dia do Soldado (Sicario: Day of the Soldado, EUA / México, 2018) – Nota 7,5
Direção – Stefano Sollima
Elenco – Benicio Del Toro, Josh Brolin, Isabela Moner, Jeffrey Donovan, Catherine Keener, Manuel Garcia Rulfo, Matthew Modine, Shea Whigham, Elijah Rodriguez, Bruno Bichir.

Um atentado suicida em um supermercado no Kansas está ligado a entrada de terroristas no país com ajuda de um cartel de traficantes mexicanos. Como retaliação, o governo americano convoca o agente da CIA Matt Graver (Josh Brolin) para iniciar uma guerra entre cartéis. 

Graver, seu parceiro Alejandro (Benicio Del Toro) e uma equipe de mercenários sequestram a filha adolescente (Isabela Moner) do chefão de um cartel, criando uma narrativa como se o crime tivesse sido cometido por um cartel rival. A situação sai do controle e os agentes precisam resolver o assunto sem envolver o governo americano. 

Nesta sequência do longa de 2015, o roteiro deixa de lado as aparências e vai direto ao serviço sujo que os agentes clandestinos da CIA se prestam a fazer. Enfrentar a violência sem limite dos cartéis que dominam as cidades na fronteira entre México e Estados Unidos levam os agentes a agirem da mesma forma. Não existem leis ou regras neste conflito. 

O diretor italiano Stefano Sollima, do ótimo “Suburra”, acerta no ritmo da narrativa, na forma como explora as várias sequências no deserto e na violência que permeia toda a história. A cena final ainda deixa um pequeno gancho para quem sabe uma nova sequência.

4 comentários:

Liliane de Paula disse...

Não, não tenho vontade de vê apesar de gostar dos 2 atores principais.

Hugo disse...

Liliane - É um bom filme policial.

Luli Ap disse...

Gosto de policiais e fiquei curiosa com sua resenha.
Vai para a lista dos desejados.
Bjs Luli

Hugo disse...

Luli - É um bom filme, com tema bem atual.

Bjs