terça-feira, 23 de março de 2010

Distrito 9

Distrito 9 (District 9, África do Sul / Nova Zelândia, 2009) – Nota 9
Direção – Neill Blomkamp
Elenco – Sharlto Copley, Jason Cope, Nathalie Boltt, Sylvaine Strike, William Allen Young.

Em Joanesburgo na África do Sul, uma gigantesca nave alienígena parou sobre a cidade há vinte anos e milhares de seres foram resgatados e colocados numa espécie de campo de concentração, o Distrito 9 do título. Durante este tempo o local se transformou numa enorme favela e os alienígenas se multiplicaram causando terríveis problemas econômicos e sociais. Pressionado pela população e por outros países, o governo da África da Sul resolveu criar um plano para desocupar a área e levar os seres indesejados para um local fora da cidade. Para liderar a desocupação foi escalado o funcionário do governo Wikus Van De Merwe (Sharlo Copley), como sendo uma promoção de cargo bancada por seu sogro. Wikus é um sujeito que acredita no governo e também vê os alienígenas como um problema. Durante a violenta desocupação, Wikus entre em contato com um estranho líquido produzido por um dos seres e a partir daí sua vida vira de ponta de cabeça.

Este longa produzido por Peter Jackson é uma sensacional surpresa, que faz uma parábola sobre o preconceito racial, utilizando alienígenas como vítimas e com a curiosidade de situar a história na África do Sul, um país onde a população negra sofreu com o preconceito e a segregação racial por décadas.

O filme tem um roteiro inteligente filmado em estilo de documentário, com um personagem principal muito bem interpretado pelo desconhecido por aqui Sharlto Copley e que passa de caçador à caça e a única ajuda que recebe é dos alienígenas, culminando numa sensacional hora final recheada de violência e ótimas cenas de ação.

Agora é esperar o Distrito 10.

5 comentários:

Nekas disse...

Um mockumentário espectacular!
Não sou tão amigo com a nota mas nota-se perfeitamente a qualidade deste filme e, como tu também referes, do argumento!

Agora é esperar pelo Distrito 10!

Abraço
Cinema as my World

Amanda Aouad disse...

Um grande filme sim, só acho que a idéia do documentário se perde no meio, algumas cenas não poderiam existir dessa forma. Com um pouquinho mais de esforço, eles podiam manter o formato, dando a sensação de que aquilo era uma fita encontrada, etc.

Thiago Paulo disse...

Distrito 9 é muito bom mesmo, adorei. Acho que dos ficções científicas lançadas recentemente, esse filme e Star trek foram as melhoras. roteiros e direção ótimos.

Abraço.

Filipe de Paiva disse...

Olá!

Meu nome é Filipe de Paiva e trabalho na agência publicitária Núcleo da Idéia Comunicação. Gostaria de um e-mail para que possamos entrar em contato direto. Por favor, envie para mkt4@nucleodaideia.com.br

Aguardo resposta e agradeço pela atenção.

Hugo disse...

Nekas - Considero o longa um grata supresa.

Amanda - A sua idéia é interessante, mas a mistura do estilo documentário com as cenas de ação ficou muito boa.

Thiago - Ainda não assisti "Star Trek para comparar.

Abraço a todos