quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Kramer vs. Kramer

Kramer vs. Kramer (Kramer vs. Kramer, EUA, 1979) – Nota 8,5
Direção – Robert Benton
Elenco – Dustin Hoffman, Justin Henry, Meryl Streep, Jane Alexander, Howard Duff, George Coe, Jobeth Williams.

Ted Kramer (Dustin Hoffman) sempre coloca o trabalho a frente de sua família, até que sua esposa Joanna (Meryl Streep) o abandona e deixa o filho do casal, o pequeno Billy (Justin Henry) aos cuidados do pai. Obrigado a trabalhar, cuidar do filho e das tarefas domésticas, Ted a princípio parece enlouquecer, mas aos poucos cria um laço a qual antes não existia com seu filho. Quando as coisas parecem ser acertar, Joanna reaparece e exige a guarda do filho, o que os levará a uma dolorosa batalha nos tribunais.

Este drama que arrancou lágrimas do público venceu cinco prêmios Oscar, de Filme, Roteiro, Direção, Ator (Hoffman) e Atriz Coadjuvante (Meryl Streep) e deu início a uma onda de filmes que tentavam pegar o espectador pela emoção, longas como “O Campeão”, “Amor Sem Fim” e “A Lagoa Azul” utilizaram histórias diferentes com o mesmo objetivo.

9 comentários:

Luís disse...

Eu quero muito ver esse filme, afinal foi esse que deu a Meryl Streep um de seus dois oscar.
A história parece ser interessante e acredito que é o tipo de drama do qual eu gosto.
Tão logo que puder, vou vê-lo.

Amanda Aouad disse...

Bom, esse filme é difícil de analisar com imparcialidade, desde que me entendo por gente ouço minha mãe falando dele e do rio de lágrimas que ela derramou na época por semelhanças pessoais. Enfim. Adoro os dois, que estão ótimos no papel, um clássico.

P.S. Hugo, troca o endereço do meu blog no seu blogroll.

Pedro Henrique disse...

Cara, não acho esse filme muito legal. Gosto das interpretações e da maneira como o diretor nos coloca ao lado dos personagens, mas a condução da narrativa me parece um pouco arrastada demais.

Cristiano Contreiras disse...

Um dos filmes de minha vida e tenho dito!

Wally disse...

Amo o filme tanto quanto o livro. O filme ganha por causa de Hoffman e Streep, magníficos como sempre.

Nota 9

Red Dust disse...

Dou nota máxima. Arrebatador e emocionante do início ao fim. Belíssimo filme!!!!!

Abraço.

Cintia Carvalho disse...

Oi Hugo!

Obrigada pela indicação do filme "A vida dos outros". A pouco tempo pesquisando no Youtube, vi a crítica dele no veja cinema (com Isabela Boscov) e gostei do tema. Cheguei a anotar o nome em uma agenda pessoal para ver posteriormente. Assim que terminar de ver outros da lista, vou ver este aqui, com certeza.

Quanto a seu texto sobre o filme "Kramer vs Kramer", nossa, fiquei com mais vontade ainda de rever este belo filme. Já tem alguns anos que não o vejo. Uma ótima dica tb. Sem contar que Dustin Hoffman e Meryl Streep dão um show.

Seu texto é rápido, objetivo e conciso. Passarei sempre aqui para ler.

Ah! Eu vi o filme, que passou como série com a Stefanie Powes, que infelizmente não conseguiu se desvencilhar da série "Casal 20". Adorei! Muito boa. E olha que ela é uma boa atriz. Uma pena que as vezes certos papeis marquem tanto que depois o ator não consegue ser reconhecido em outro papel.

Por último, aproveitando a oportunidade, vc lembra de uma série com ela que passou tb nos anos 80 na Rede Globo em que ela fazia o papel de duas irmãs gêmeas, uma rica e outra pobre?
Se lembrar vc me responde.
Nossa, quando assisti gostei tanto da história.

Um abraço.
PS. apareça sempre que desejar.

Hugo disse...

Luís - É um drama daqueles feitos para chorar.

Amanda - Com certeza existem muitas outras pessoas com histórias parecidas com a do filme. Já acertei o link do seu blog.

Pedro - As interpretações são ótimas.

Cristiano - Não precisa falar mais nada.

Wally - O livro eu não li.

Red - Você é outro grande fã do longa.

Cintia - Obrigado pelas palavras e pela visita, vou pesquisar sobre esta minissérie e escrevo no seu blog.

Abraço a todos

Dan disse...

Oi Hugo,

Na minha opinião uma droga, vale pelos atores, até o menininho é um bom ator.

Abraços