segunda-feira, 5 de novembro de 2018

Jurassic World: Reino Ameaçado

Jurassic World: Reino Ameaçado (Jurassic World: Fallen Kingdom, EUA, 2018) – Nota 5,5
Direção – Juan Antonio Bayona
Elenco – Chris Pratt, Bryce Dallas Howard, Rafe Spall, Justice Smith, Daniella Pineda, James Cromwell, Toby Jones, Ted Levine, Jeff Goldblum, BD Wong, Geraldine Chaplin, Isabella Sermon, Peter Jason.

Três anos após a tragédia no parque temático Jurassic World, a ilha Nublar está prestes a ser destruída por um vulcão. 

Pensando em salvar os dinossauros que estão soltos os levando para uma espécie de santuário, o milionário doente Benjamin Lockwood (James Cromwell) e seu braço-direito Eli Mills (Rafe Spall) contratam a ex-administradora do parque Claire (Bryce Dallas Howard) e o domador Owen (Chris Pratt) para a missão junto de uma equipe liderada por um militar (Ted Levine). O que Claire e Owen não imaginam é que o objetivo de Mills é bem diferente do que foi acertado. 

O eficiente filme de 2015 deixou a esperança de uma sequência com pelo menos a mesma qualidade, o que infelizmente não ocorreu. Este novo longa recicla de forma exagerada sequências semelhantes as que fizeram sucesso nos filmes anteriores, além de criar soluções ingênuas para salvar a pele dos mocinhos, inclusive dos novos coadjuvantes. 

Se a premissa era interessante, a forma como a história se desenvolve é extremamente absurda e repleta de clichês. Até mesmo a volta do personagem de Jeff Goldblum, que era um dos protagonistas do filme original, acaba sendo desperdiçada. 

O final piegas deixa um enorme gancho para mais uma sequência, que se realmente sair do papel, espero que seja bem diferente deste longa.

4 comentários:

Rodrigo Mendes disse...

Poxa vida, bom, eu curti o filme. Evidente que se comparado aos outros JP (exceto o 3 que é ruim pacas!), de fato é inferior. O Antecessor é melhor. Gostei do elemento "Casarão Mal-assombrado" adorado aqui. Bayona é bom diretor e bem criativo.

Abraço.

Hugo disse...

Rodrigo - Eu vi exageros desde a primeira sequência de ação. Bayona tem filmes bem melhores como "O Orfanato" e "O Impossível".

Abraço

Luli Ap disse...

Eu confesso sou dinolover!
No anterior (assisti 10 vezes) quando aparece o T-Rex pulei na poltrona do cinema e gritei "Tiiiiiiii-Reeeeeeeecksiiiiiii" como de não houvesse amanhã.
Esse assisti 3 vezes, até agora.
Meu namorado ficou em estado de choque.
Ou seja se é da franquia eu não tenho maturidade emocional pra lidar com isso 😁😁

Hugo disse...

Luli - Normal, cada pessoa tem seu gosto e sua percepção em relação a um filme por exemplo. Não tem que por existir unanimidade.

Gosto muitos dos dois primeiros filmes da trilogia original e do longa anterior com Chris Pratt. Esta sequência deixou muito a desejar. Achei muito exagerada.

Bjs