sábado, 2 de maio de 2009

Juno

Juno (Juno, EUA, 2007) – Nota 8,5
Direção – Jason Reitman
Elenco – Ellen Page, Michael Cera, Jennifer Garner, Jason Bateman, Allison Janney, J. K. Simmons, Olivia Thirlby, Rainn Wilson.

Este inesperado sucesso conta a história de Juno MacGuff (a ótima Ellen Page) que aos 16 anos fica grávida do amigo imaturo Pauli Bleeker (Michael Cera de “Superbad”) e resolve por conta própria entregar o filho para um rico casal (Jennifer Garner e Jason Bateman), contando com todo o apoio do pai (J. K. Simmons) e da madastra (Allison Janney).

O que poderia ser um melodrama ou cair na vulgaridade é mostrado com sensibilidade pelo diretor Jason Reitman (filho de Ivan Reitman de “Irmãos Gêmeos”) e apoiado pelo roteiro da ex-dançarina de boate Diablo Cody, que tem como grande destaque a bela atuação de Ellen Page, que cria uma personagem ainda adolescente mas que mostra maturidade, as vezes até maior que a do casal que quer adotar seu filho, no caso a esposa é uma pessoa séria e um pouco fria, mas que está quase desesperada por um filho e o marido ainda tentando viver uma adolescência tardia, está relutante em ser pai.

O filme fala de vários temas interessantes como amor, amizade e paternidade, de uma forma realista e extremamente simpática. É uma das aquelas histórias sem grandes exageros e que nos deixa com uma boa sensação ao final da sessão.

14 comentários:

Fifeco disse...

Este é daqueles filmes que nunca me chamou muito a atenção mesmo sabendo os elogios que lhes foram concedidos pela crítica mundial. Espero um dia que de na tv e aí aproveitarei para ve-lo.

Abraço

MILHA TURVA disse...

Este filme me surpreendeu bastante pela forma que aborda estes temas, apesar de eu não gostar do gênero.

Abraços

Hugo disse...

Fifeco - É um filme simples, mas que vale a pena ser visto.

Milha - O longa é realista e extremamente sensível.

Louis Vidovix disse...

Ahh, finalmente um que eu assisti!!!

Gostei muito de Juno. Podem reclamar dos diálogos serem "overwritten", mas é fato que Diablo Cody tem uma linguagem própria e uma inteligência, criatividade e habilidade para escrever diálogos. O elenco, espetacular.

É o cinema indie provando mais uma vez a sua força!

nitzombies disse...

pois é...

as vezes os dialogos me incomodaram um pouco, pelo fato de serem um tanto impossiveis de serem ditos por tal personagem em tal momento. fica algo meio falso, sei lá...

Mas de qq forma, juno é um pequeno-grande filme. Page destruiu e o Cera mostra mais um vez q eh um ator bem promissor.

Pedro Henrique disse...

Eu não indicaria esse filme de maneira alguma para o Oscar de melhor filme. É legal e divertido, mas não passa disso.

Abs!

Ciro Hamen disse...

Esse filme é demais! Ellen Page realmente faz o filme.

Abraços!

Hugo disse...

Louis e Nitzombies - Um filme por mais que chegue perto da realidade vai ser sempre uma ficção. E neste caso o resultado é acima da média na qualidade.

Pedro - Também considero que não seja uma filme para ganhar o Oscar, mas ele cumpre bem seu papel.

Ciro - Ellen Page já mostrou que tem muito talento. Procure assistir também "Menina Ma.com".

Abraço

Gema disse...

Um filme que tenho uma certa curiosidade em ver ;)
Bjs

kadinha disse...

Esse filme já estreou cá em Portugal, não gostei do filme é demasiadamente infantil.

Cinemas Algarve

O Cara da Locadora disse...

Esse é um filme muito bonito, que fala de uma forma engraçada porém séria... Muito bom, muito bom...

Wally disse...

O filme conquista pelo roteiro, a originalidade, a criatividade, a simplicidade e, claro, as virtuosidades envolvidos do elenco à trilha.

Nota 9

Ciao!

Hugo disse...

Gema - Assista que tenho certeza que irá gostar.

Kadinha - Eu achei bem legal o filme.

Nespoli - Coisas sérias mostradas com graça e sem drama.

Wally - Concordo com suas palavras.

Roberto F. A. Simões disse...

De facto, um sucesso inesperado.
Eu gostei bastante e também para mim foi uma agradável surpresa.

Cumps.

Roberto F. A. Simões
CINEROAD - A Estrada do Cinema
(http://cineroad.blogspot.com/)