sábado, 23 de maio de 2009

21 Gramas

21 Gramas (21 Grams, EUA, 2003) – Nota 7,5
Direção – Alejandro Gonzalez Iñarritu
Elenco – Sean Penn, Naomi Watts, Benicio Del Toro, Danny Huston, Charlotte Gainsbourg, Melissa Leo, John Rubinstein, Eddie Marsan, Clea Duvall, Annie Corley, Catherine Dent.

Neste drama pesado, o diretor mexicano Iñarritu e o roteirista Guillermo Arriaga (a mesma dupla de “Babel”) contam a história de alguns personagens atormentados por tragédias e erros em que as vidas se cruzam em virtude do destino.

O professor Paul (Sean Penn) em crise no casamento com Mary (Charlotte Gainsbourg) precisa de um transplante de coração que virá em virtude do atropelamento e morte de Michael (Danny Huston) e suas duas filhas, deixando viúva e completamente perdida na vida Cristina (Naomi Watts). O motorista culpado pelo acidente é o ex-presidiário e hoje religioso fervoroso Jack (Benicio Del Toro), que também tem esposa (Melissa Leo) e um casal de filhos.

Contada de modo fragmentada, com idas e vindas para o passado e o presente, a história é triste e deprimente em vários momentos, deixando a mensagem de que não podemos controlar nosso destino.

Como destaque temos as boas interpretações de todo o elenco, inclusive com Naomi Watts e Benicio Del Toro concorrendo ao Oscar naquele ano.

12 comentários:

altieres bruno machado junior disse...

Olá

Nossa, como eu não conhecia este filme que tem atores que eu gosto tanto, como Sean Penn, Naomi Watts e Benicio Del Toro. Essas ligações entre os personagens me fez lembrar do filme Ligados Pelo Crime e Babel (que é dos mesmos diretores, como vc disse). GOSTEI DA DICA!!!

até mais : )

Red Dust disse...

Pesado e, de certa forma, complexo. É um daqueles filmes em que adorei mais as interpretações dos actores do que propriamente a história do mesmo.

Abraço.

•. Cℓєвєя! . - disse...

Irritante e insuportavel, são minhas palavras pra segunda parte da trilogia!

Fred Burle disse...

A história é um pouco confusa, por causa dessas idas e vindas, mas no fim, quando tudo se encaixa, o filme fica bom. Eu gostei!

Paulo [ALT] disse...

Como o Red Dust disse ai em cima, esse é um dos filmes que eu mais gostei pelas interpretações do que pela história. Mas ainda assim de certa forma considero ele melhor que Amores Brutos e Babel. Em Babel a interpretação de Brad Pitt e Cate Blanchett não é de se jogar fora, achei excelente, mas a trama não me "cativou" muito.
obrigado pela passada no meu blog
teh mais

Thiago Paulo disse...

Ainda não vi esse, mais gosto do cinema de Alejandro Gonzalez Iñarritu... Ainda tenho que ver 21 Gramas. Adoro Babel, e convenhamos que os filmes dele não são para quelquer um.

Abraços..

Ciro Hamen disse...

Esse filme é demais. Mas o melhor filme da dupla Arriaga/Iñarritu ainda é Amores Perros (Amores Brutos). Está pau a pau com 21 Gramas (acho que Babel foi o piorzinho, mas mesmo assim bom).

Abraços!

Kamila disse...

"21 Gramas" é um de meus filmes favoritos. Acho uma história belíssima sobre como a vida da gente pode ser traiçoeira, sobre como os caminhos de nossas vidas, às vezes, nos levam a lugares e sentimentos inesperados. Um dos melhores longas do Alejandro Gonzalez Inarritu, do roteirista Guillermo Arriaga e dos atores envolvidos nele (os quais, sem exceção, entregam excelentes atuações).

Hugo disse...

Altieres - O elenco é ótimo. Ainda estou para assistir este "Ligados pelo Crime".

Red - Concordo com vc, tb gostei mais das interpretações do que da história, que por sinal é bem deprimente.

Cléber - Vc precisa estar bem para conseguir gostar de uma história tão triste.

Fred - É aquele tipo de filme que se vc perder um minuto pode complicar todo o entendimento no final.

Paulo - Dos outros dois eu vi apenas "Babel" e acabei gostando um pouco mais que este, mas é algo pessoal, só isso.

Thiago - Ele não gosta de contar uma história de forma linear, é um opção que acaba chamando a atenção.

Ciro- Ainda não tive oportunidade de assistir "Amores Brutos".

Kamila - Infelizmente ele tem razão, a cada dia a vida tem uma supresa.

Abraço

Wally disse...

Belo filme que é o mais cru na trilogia do Iñárritu. Gosto sempre de rever e notar as camadas e transições. Elenco sensacional.

Nota 8.5

Ciao!

Hugo disse...

Wally - Não é um fácil de se assistir e de gostar.

Abraço

Paulo Roberto Montanaro disse...

Mas eu adoro. É uma aula de roteiro e de direção, além ds personagens estarem ótimos.