quinta-feira, 10 de maio de 2018

O Desaparecimento de Alice Creed


O Desaparecimento de Alice Creed (The Disappearance of Alice Creed, Inglaterra, 2009) – Nota 7
Direção – J Blakeson
Elenco – Gemma Arterton, Eddie Marsan, Martin Compston.

Sem diálogo algum nos dez minutos iniciais, acompanhamos uma dupla (Eddie Marsan e Martin Compston) comprando materiais e preparando um local para ser o cativeiro de um sequestro. A vítima (Gemma Arterton) é levada dentro de um furgão e posteriormente amarrada em uma cama. 

Quando se iniciam os diálogos, a primeira impressão é de um sequestro normal, em que o violento líder (Eddie Marsan) se mostra preparado para tudo e obriga o submisso parceiro (Martin Compston) a acatar sua ordens. Com o desenrolar da trama, surpresas vem à tona.

A grande sacada do roteiro escrito pelo diretor J Blakeson é oferecer duas reviravoltas inesperadas até a metade do longa, explorando a ganância, a desconfiança e as mentiras entre os três personagens. Estas situações levam o cinéfilo mais curioso a ver algumas semelhanças com o superior “Cova Rasa” de Danny Boyle. 

Por mais que J Blakeson tenha mostrado potencial aqui, seu trabalho posterior como diretor foi o fracasso “A 5º Onda”. 

Finalizando, vale destacar as atuações do elenco, inclusive por algumas cenas que fogem do lugar comum.

3 comentários:

Liliane de Paula disse...

Entre os 3 personagens?

Luli Ap disse...

Olá Hugo
Mais um que não conhecia e levo a dica.
Parece ser um bom suspense, instigante e com um quebra cabeça para desvendar.
Sem falar que gosto de reviravoltas!
Aaaaaahhhhhh eu gostei de A 5° onda :p
Fiquei curiosa
Bjs Luli
https://cafecomleituranarede.blogspot.com.br

Hugo disse...

Liliane - O filme tem apenas os três personagens.

Luli - Eu citei as críticas ruins para "A 5º Onda", mas não conferi o filme.

Bjos