sábado, 19 de maio de 2018

Intermediário.com

Intermediário.com (Middle Men, EUA, 2009) – Nota 7
Direção – George Gallo
Elenco – Luke Wilson, Giovanni Ribisi, Gabriel Macht, James Caan, Jacinda Barrett, Kevin Pollak, Laura Ramsey, Rade Sherbedgia, Terry Crews, Kelsey Grammer, Robert Forster, John Ashton.

Houston, 1997. Jack Harris (Luke Wilson) recebe a proposta para comandar uma casa noturna em Los Angeles após um amigo ficar doente. Não demora para Jack transformar o local em sucesso. 

Em paralelo, o ex-engenheiro da Nasa Buck Dolby (Gabriel Macht) e seu amigo Wayne Beering (Giovanni Ribisi), descobrem por acaso uma forma de ganhar dinheiro pela internet. Ele digitalizam fotos de revistas de mulheres nuas, postam no site e passam a cobrar assinaturas direto pelo cartão de crédito. O que hoje é comum para qualquer compra on line, na época não existia. 

Rapidamente eles ganham muito dinheiro, porém sendo malucos e drogados, terminam por se envolver com um mafioso russo (Rade Sherbedgia) e um advogado picareta (James Caan), que pensando em colocar ordem na "empresa" chama Jack para intermediar o problema. Visualizando a chance de ficar milionário, Jack se torna sócio dos dois malucos. 

Baseando numa absurda história real, este divertido longa lembra obras posteriores como o superior “O Lobo de WallStreet” e o semelhante “Cães de Guerra”. Nos três filmes temos um protagonista que narra em off sua aventura de modo cínico, que deixa a ética a até a honestidade de lado para lucrar e que principalmente aproveita as benesses da riqueza antes da queda. 

O que deixa este longa mais interessante é a questão histórica. Por mais absurda que seja a narrativa, a forma de vender produtos pela internet criada pelos protagonistas se tornou modelo mundial. 

O elenco abraça com competência a ideia de fazer rir com os absurdos. Além do personagem de Luke Wilson, a dupla de drogados vividos por Giovanni Ribisi e Gabriel Macht é impagável. 

É mais um bom filme pouco conhecido pelo público.

2 comentários:

Luli Ap disse...

Gente não é que é!
Nunca poderia imaginar que lá atrás alguém teve uma ideia tão absurda de ganhar dinheiro na net e que funcionou mais absurdamente ainda.
Fiquei curiosa viu!
Bjs Luli

Hugo disse...

Luli - Muitas das grandes ideias surgem de modo inesperado. O legal do filme é a narrativa divertida e cínica.

Bjos