quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Trovão Tropical

Trovão Tropical (Tropic Thunder, EUA, 2008) – Nota 8
Direção – Ben Stiller
Elenco – Ben Stiller, Jack Black, Robert Downey Jr, Nick Nolte, Jay Baruchel, Brandon T. Jackson, Matthew McConaughey, Tom Cruise, Steve Coogan, Bill Hader, Danny McBride.

O ator Ben Stiller costuma sempre interpretar o cara atrapalhado, apaixonado por uma gata e que passa por situações humilhantes. Este tipo de personagem, misturado com sua carreira de diretor que tem longas como o irritante “O Pentelho” com Jim Carrey e o totalmente idiota “Zoolander” não faz dele um sujeito que chame atenção para ver seus filmes, mas aqui em “Trovão Tropical” tenho que admitir que ele acertou em cheio, nesta comédia que tira sarro de Hollywood do primeiro ao último momento.

O filme já começa com três trailers e uma propaganda hilária protagonizada pelos atores que irão estrelar “Trovão Tropical”, longa que conta a história do soldado Four Leaf (Nick Nolte) que perdeu suas duas mãos no Vietnã e transformou sua vida num livro de sucesso. O longa é estrelado pelo astro de filmes de ação Tugg Speedman (Stiller), o comediante Jeff Portnoy (Jack Black), o premiado Kirk Lazarus (Robert Downey Jr), o rapper Alpa Chino (Brandon T. Jackson) e o novato Kevin Sandusky (Jay Baruchel), tendo no comando o diretor inglês estreante Damien Cockburn (Steve Coogan). Logo no início das filmagens as coisas dão errado e e o produtor (Tom Cruise) querendo evitar o fracasso pressiona assustadoramente o diretor. Temendo pelo pior, o diretor resolve acatar a idéia do Four Leaf original de levar o elenco para dentro de selva e fillmar a história com a câmera na mão, porém uma série de enganos faz com os atores tenham de enfrentar um quadrilha de traficantes.

As piadas começam na construção dos personagens, principalmente Downey Jr que interpreta um australiano que fez cirurgias para se tranformar em negro e incorpora o personagem por todo o filme, as cenas engraçadas que copiam diversos filmes de Hollywood, além das brigas de estrelismo entre os astros e na minha opinião a piada mais engraçada é a hilária participação de Tom Cruise como o produtor egocêntrico, mal educado, gordo e careca que tem um cena final sensacional.

11 comentários:

Luís disse...

Hugo, quando vi que atualizou com esse filme, vim correndo aqui para concordar com você. Cheguei e já comecei me assustando: nota 8!
saihsahiJOASJOSAJOShisahisahi

Eu realmente não gostei do filme. Achei-o infame, baixo e não ri em nenhum momento. Talvez, muito rapidamente, eu tenha esboçado um sorrisinho, mas ahco que foi por causa de alguma outra coisa bem diferente do que o filme mostrava. Com exceção de Tom Cruise, todos os outros estão ridículos. A indicação que Downey Jr. recebeu foi apenas para que a Academia pudesse aliviar o fardo das acusações que a apontam como não reconhcedora de atuações cômicas - certamente foi motivos políticos, pois não acredito que seja por merecimento.
Péssimo, péssimo. Não recomendo esse filme pra ninguém!

Abraço, Hugo.
=)

dê uma passada no LeC amanhã..

Ciro Hamen disse...

Hugo, concordo com você. Esse filme é genial e muito engraçado. A crítica que ele faz a Hollywood do começo ao fim do filme não é nada sutil, mas nem por isso deixa de ser boa. Os clichês e estereótipos são usados de maneira inteligente e cômica.

Abraços!

Ricardo Martins disse...

Não o vi ainda, mas só pela aquela cena da cabeça do diretor(acho que é ele) é decapitada e Stiller lambe o sangue pensando que é cenográfico aquele pedaço de corpo, ri só vendo essa parte! Demais ver um filme dentro de outro, pura comédia! Ótima dica que tenho que ainda ver!!!

ABRAÇO

Andrei disse...

ae cara blz?
eu vi uma indicação pro seu blog num blog de literatura e cinema e vim aqui dar uma olhada

eu achei trovão tropical um filme legal, mais só isso, nada mais que isso
o problema acho que é o jack black, não gosto dele
faz tempo que não assiste um bom um filme, vou ver aqui noi seu blog uns que voce tenha achado bom

Wander Veroni disse...

Oi Hugo!

Adoro esse filme. Ele é muito engraçado e tem ótimas tiradas. É uma ótima dica de comédia!

Bom, vim aqui ao seu blog por meio da indicação do "Literatura e Cinema".

Quando entrei na blogosfera, há dois anos atrás, tinha um layout exatamente igual ao seu. Hj já mudei, mas ainda continuo trabalhando com o verde, mas mesclando com outras cores.

Desejo sucesso pra vc neste projeto!

Abraço

Hugo disse...

Luís - Aqui você pode discordar quando quiser, o espaço é democrático.
Eu tb não sou fã de filmes com piadas infames e nem de Ben Stiller como escrevi na postagem, mas este longa ridiculariza os clichês e esteriótipos do cinema feito em Hollywood. Pegue qualquer um dos personagens e com certeza você lembrará de algum astro.

Ciro e Ricardo - Vocês entraram no espírito do filme, que não passa de uma gozação em cima de Hollywood.

Andrei - Os personagens não são agradáveis, esta é umas piadas. Quanto a Jack Black, ele deixa a impressão que se tornou um grande astro e age como qual, taí o antipatia.

Wander - Valeu pela visita. Vou ver a questão das cores, apesar de que este não é meu ponto forte. rs

Abraço a todos

Red Dust disse...

Não dou uma nota tão forte, mas é um filme interessante. Há piadas para todos os gostos e, depois, temos um Robert Downey Jr. e um Tom Cruise com personagens completamente hilariantes.

7/10.

Abraço.

Gema disse...

Odiei este filme, como já deves saber ;)
Tirando Downey Jr. e Tom Cruise, o filme não tinha nada - zero mesmo :P
Bjks

Hugo disse...

Red - Apenas gostarão do filme as pessoas que entrarem no espírito da gozação.

Gema - É um tipo de filme que não agrada a todos, entendo perfeitamente.

Até mais

O Cara da Locadora disse...

Adorei esse filme, é realmente uma comédia de qualidade como poucas... O destaque é o Tom Cruise que eu nem sabia que era ele, demorei MUITO tempo pra perceber, rs...

Hugo disse...

Cara da Locadora - Este filme divide opiniões, mas eu achei bem engraçado e Tom Cruise é um dos destaque.

Abraço