quinta-feira, 25 de outubro de 2018

A Era da Escuridão

A Era da Escuridão (Mil-Jeong, Coreia do Sul, 2016) – Nota 7
Direção – Jee Woon Kim
Elenco – Kang Ho Song, Yoo Gong, Byung Hun Lee, Ji Min Han, Tae Goo Eom.

Coreia, 1920. Com o país sob o domínio do Japão, os coreanos criam grupos de resistência contra a ocupação. Neste contexto, Lee Jung Chool (Kang Ho Song) é um ex-revolucionário que se tornou policial e que trabalha para os japoneses. 

Ele recebe a missão de investigar um grupo que pretende utilizar explosivos em um atentado. Dividido entre o dever de policial e a simpatia pelos rebeldes, Lee se torna um agente duplo que tenta agradar aos dois lados. Conforme o cerco aos rebeldes se fecha, vai chegando o momento em que Lee precisará decidir para qual lado lutar. 

O ponto alto deste longa sul-coreano é a ótima reconstituição de época, incluindo figurinos e cenários. A história explora os conflitos que foram consequência da ocupação japonesa na Coreia de 1910 a 1945. Apesar de interessante, o filme é um pouco irregular, principalmente por causa da longa duração (duas horas e vinte minutos). Diferente de outros longas sul-coreanos, aqui não são muitas as sequências de ação, tendo maior destaque as cenas de suspense dentro do trem. 

Não é um filme ruim, mas fica a sensação de que a história poderia render algo melhor.

2 comentários:

Luli Ap disse...

Pena que é irregular e longo, mas mesmo assim quero assistir, os sul-coreanos e k-pops estão por todos os lados e fiquei curiosa com a reconstituição de época.
Bjs Luli

Hugo disse...

Luli - Também gosto bastante dos filmes sul-coreanos.

Bjs