terça-feira, 30 de outubro de 2018

6 Dias

6 Dias (6 Days, Inglaterra / Nova Zelândia, 2017) – Nota 6,5
Direção – Toa Fraser
Elenco – Jamie Bell, Mark Strong, Abbie Cornish, Martin Shaw.

Londres, abril de 1980. Um grupo de iranianos fortemente armados invade a embaixada do seu país tomando funcionários e visitantes como reféns. Eles exigem a liberação de companheiros presos no Irã por conta de serem opositores do regime do Aiatolá Khomeini. 

Durante seis dias, o negociador inglês Max Vernon (Mark Strong) tenta resolver a situação na base da conversa, enquanto um grupo de soldados de elite espera a ordem das autoridades para invadir o local. 

Baseado numa história real, este longa apresenta erros e acertos. O roteiro falha ao condensar os seis dias de tensão em apenas uma hora e meia, desenvolvendo mal os personagens dos terroristas e dando muita ênfase ao treinamento dos soldados ansiosos por entrar em ação. 

Por outro lado, as cenas de ação do clímax são bem filmadas e a escolha de intercalar cenas reais do ocorrido em 1980 com as sequências do filme também funcionam.

O sempre competente Mark Strong segura bem o papel do negociador, enquanto Jamie Bell se mostra canastrão como o jovem soldado que ganha a chance de liderar o grupo de elite na ação. A bela Abbie Cornish tem um pequeno destaque como a repórter que vê a chance de crescer na carreira através da tragédia. 

A história é mais interessante do que o filme, que resulta numa obra apenas razoável.

4 comentários:

Rodrigo Mendes disse...

Ainda não assisti, mas o Mark Strong sempre se destacou interpretando bons vilões. Será que vou gostar?
Priorizo o roteiro antes do acabamento técnico.

Abraço.

Liliane de Paula disse...

O filme é da Nova Zelândia?
Acho que nunca vi nada daí.
O enredo parece interessante para mim.
Vou anotar.

Estou atrás de "Mentes perigosas" e "Jogada de rei".

Luli Ap disse...

Olá Hugo
É complicado mesmo roteirizar 6 dias em 90 minutos, massss tem Mark Strong e (apesar de vc dizer que ele está canastrão nesse filme) Jamie Bell que é um amorzinho rsrs.
Se tem boas cenas de ação já quero assistir.
Bjs Luli
https://cafecomleituranarede.blogspot.com.br

Hugo disse...

Rodrigo - Desta vez Mark Strong interpreta o quase herói.

Liliane - Na realidade é um filme inglês.

Luli - Quem está canastrão é Jamie Bell. Ele não convence como soldado de elite.

Abraço