terça-feira, 18 de dezembro de 2018

Todo o Dinheiro do Mundo

Todo o Dinheiro do Mundo (All th Money in the World, EUA / Itália / Inglaterra, 2017) – Nota 7
Direção – Ridley Scott
Elenco – Mark Wahlberg, Michelle Williams, Christopher Plummer, Romain Duris, Timothy Hutton, Charlie Plummer, Charlie Shotwell, Andrew Buchan, Marco Leonardi.

Roma, 1973. John Paul Getty III (Charlie Plummer) é um jovem de dezesseis anos neto do então homem mais rico do mundo, o empresário do ramo de petróleo John Paul Getty (Christopher Plummer). O garoto é sequestrado por homens ligados a Máfia Calabresa ‘Ndrangheta. 

Como sua mãe (Michelle Williams) estava separada do filho de Getty (Andrew Buchan), ela não tinha o dinheiro pedido para o resgate. O velho milionário se nega a pagar o valor e envia o ex-agente secreto Fletcher Chase (Mark Wahlberg) para negociar com os sequestradores. 

Baseado numa maluca história real, este longa dirigido por Ridley Scott detalha em paralelo os bastidores do sequestro, o complicado relacionamento da família Getty, além da mesquinhez do velho milionário. 

Por mais que o filme tenha cenas de violência e outras com certa dramaticidade, em vários momentos os absurdos dos acontecimentos beiram o humor negro. 

O destaque do elenco fica para o veteraníssimo Christopher Plummer, que consegue passar toda a falta de caráter de seu personagem, que sempre pensa em como lucrar, seja lá qual for a situação. 

Vale citar que o papel de Christopher Plummer seria de Kevin Spacey, que foi dispensado após as acusações de assédio que praticamente enterraram sua carreira.

4 comentários:

Luli Ap disse...

Esse é um daqueles casos em que o filme é hypado antes da estreia.
Aqui pelo caso de Kevin Spacey.
Christopher Plummer super deu conta do recado e dizem que tudo foi regravado em um mês.
Há quem diga que no futuro podem surgir cenas com Kevin Spacey e será possível uma comparação.
Não tem relação com o post, mas lembro vagamente de um filme com Mel Gibson onde ele tb se negava a pagar um resgate.
Bjs Luli

Hugo disse...

Luli - Seria interessante ver a atuação de Kevin Spacey. Muito provavelmente ele criaria um personagem ainda mais cínico e falso do que o de Christopher Plummer.

O filme com Mel Gibson que você citou é "O Preço de um Resgate".

Bjs

Liliane de Paula disse...

Essa história é real e comoveu alguns. Eu inclusive que não estava acostumada ainda com violência.
E o rapaz perdeu parte da orelha.
Não sei se aceitar pagar resgate é o melhor caminho.
Talvez o rico avô tenha acertado.

Christopher Plummer brilha como o avô.
Sim, Kevin Spacey seria muito bom também, no papel.
E uma pena que sua carreira tenha sido "destruída".

Hugo disse...

Liliane - Eu não conhecia esta história, descobri vendo o filme. É uma situação muito complicada. Pagar sem garantia alguma ou arriscar a vida de pessoa.