domingo, 9 de dezembro de 2018

Gênios do Mal

Gênios do Mal (Charlard Games Goeng, Tailândia, 2017) – Nota 8
Direção – Nattawut Poonpiriya
Elenco – Chutimon Chuengcharoensukying, Eisaya Hosuwan, Teeradon Supapunpinyo, Chanon Santinatornkul, Thaneth Warakulnukroh.

Lynn (Chutimon Chuengcharoensukying) é uma jovem com QI acima da média para matemática. Seu pai que é professor, consegue matricular a garota num colégio de elite com o objetivo dela conseguir uma bolsa de estudos para cursar a universidade em outro país. 

Lynn faz amizade com Grace (Eisaya Hosuwan) e seu namorado Pat (Teeradon Supapunpinyo), que oferecem dinheiro para ela ajudá-los nas provas. Percebendo a chance de lucrar, Lynn cria uma inusitada forma de cola e passa a vender seus serviços para outros alunos. Tudo vai bem até Bank (Chanon Santinatornkul), que também é uma espécie de gênio da matemática, perceber que existe algo de errado durante as provas. 

Este surpreendente longa tailandês coloca em discussão a questão da ética no mundo educacional. A protagonista que vem de uma família de classe média se vê diante da tentação de conseguir dinheiro para melhorar de vida, ao mesmo tempo em que descobre que a bolsa de estudos que ganhou da escola esconde uma espécie de propina que seu pai precisa pagar para mantê-la matriculada. Ou seja, é uma administração escolar corrompida que cobra ética dos alunos para mostrar uma falsa honestidade. 

O filme vai além disso. As estratégias criadas pela protagonista são extremamente criativas, principalmente a primeira utilizada com os amigos no colégio. As sequências da segunda parte da trama quando o golpe se torna mais perigoso são tensas, dignas de um ótimo suspense. 

O filme perde alguns pontos apenas pela escolha do final.

3 comentários:

Liliane de Paula disse...

Cinema tailandês?
E a trilha sonora? Muito específica?
E as locações? Bonitas?
Apesar de mostrar uma cultura diferente da nossa, vou deixar de anotar.

Tem uma boa série na HBO "My brilliant friend"

Luli Ap disse...

Olá Hugo
Já adicionei na wishlist.
Nunca assisti um filme tailandês, ou não lembro, e fiquei curiosa com esse plot sobre ética no universo educacional com uma pegada de suspense.
Bjs Luli
https://cafecomleituranarede.blogspot.com.br

Hugo disse...

Liliane - Como o filme se passa na capital da Tailândia, vemos uma cidade normal, sem destaque para as locações.

Luli - O ponto principal é a criatividade dos alunos.

Bjs