sexta-feira, 21 de dezembro de 2018

A Lança Partida & Minha Vontade é a Lei


A Lança Partida (Broken Lance, EUA, 1954) – Nota 6,5
Direção – Edward Dmytryk
Elenco – Spencer Tracy, Robert Wagner, Jean Peters, Richard Widmark, Katy Jurado, Hugh O’Brian, Earl Holliman, Eduard Franz, E. G. Marshall.

Após três na cadeia, Joe Deveraux (Robert Wagner) ganha a liberdade. Rapidamente ele descobre que seus irmãos (Richard Widmark, Hugh O’ Brian e Earl Holliman) querem deixá-lo de fora dos negócios que eram de seu pai (Spencer Tracy).

Uma narrativa em flashback detalha porque Joe foi preso e também a difícil relação com os irmãos que eram filhos do primeiro casamento do pai, enquanto a mãe de Joe era uma índia (Katy Jurado).

Este longa é muito mais voltado para o drama do que para um western tradicional. Além da disputa entre irmãos, temos a briga do personagem de Spencer Tracy com uma empresa mineradora e o preconceito enfrentado por Joe ao namorar a bela Barbara (Jean Peters), por ser considerado um mestiço.

É um filme que hoje se mostra envelhecido pelo formato, tendo perdido um pouco da força da história. O trio Edward Dmytrky, Spencer Tracy e Robert Wagner faria um filme melhor três anos depois com a aventura dramática “A Maldição da Montanha”.

Minha Vontade é a Lei (Warlock, EUA, 1959) – Nota 7,5
Direção – Edward Dmytryk
Elenco – Henry Fonda, Richard Widmark, Anthony Quinn, Dorothy Malone, Dolores Michaels, DeForest Kelley, Wallace Ford, Tom Drake.

A população da cidade de Warlock sofre na mãos do bando de Abe McQuown (Tom Drake) e por este motivo contrata o pistoleiro Clay (Henry Fonda) para defendê-los. Clay exige como ajudante seu amigo Tom (Anthony Quinn), que tem uma problema na perna. 

Ao mesmo tempo, Johnny Gannon (Richard Widkmark) se desentende com Abe, abandona a quadrilha e se torna o xerife da cidade, mesmo tendo que ser uma espécie de auxiliar do pistoleiro Clay. 

A premissa deste western de poucos tiros e várias subtramas bebe na fonte da história de Wyatt Earp e Doc Holliday. O roteiro explora bem as complexas relações entre os personagens, inclusive com a ex-prostituta vivida por Dorothy Malone. 

É um western mais marcante pelo roteiro e as atuações do que pelas sequências de tiroteio e brigas comuns ao gênero.

4 comentários:

Luli Ap disse...

Olá Hugo
Eu gosto de western e esses parecem bem interessantes.
Apesar do primeiro ter ficado datado gosto da temática indígena e o segundo gosto das releituras da história de Doc Holliday.
Bjs Luli
https://cafecomleituranarede.blogspot.com.br

Hugo disse...

Luli - O melhor entre estes dois filmes é "Minha Vontade é a Lei"

Bjs

Liliane de Paula disse...

Acho que nunca vi um filme com Spencer Tracy.
E gosto da elegância de Henry Fonda.
De alguns western até gosto.

Pensei que Dorothy Malone que morreu esse ano aos 92 ano, fizesse parte do elenco de "O maior espetáculo da terra".
Não fez.

Hugo disse...

Liliane - Spencer Tracy fez diversos grandes filmes.