Pular para o conteúdo principal

Texas Sob Fogo

 


Texas Sob Fogo (Texas Rising, EUA / México, 2015) – Nota 7
Direção – Roland Joffé
Elenco – Bill Paxton, Jeffrey Dean Morgan, Olivier Martinez, Thomas Jane, Crispin Glover, Jeremy Davies, Rhys Coiro, Christopher McDonald, Max Thieriot, Cynthia Addai Robinson, Robert Knepper, Chad Michael Murray, Jeff Fahey, Sarah Jones, Joe Egender, Stephen Monroe Taylor, Rob Morrow, Kris Kristofferson, Brendan Fraser, Ray Liotta, Jacob Lofland, Johnathon Schaech, Courney Gains.

Produzida pelo History Channel, esta minissérie em cinco longos episódios de uma hora e meia cada começa em fevereiro de 1836 logo após a tomada do forte Álamo pelos mexicanos, em uma batalha que levara a crer que o Texas jamais seria independente do México. 

O roteiro mistura personagens reais e fictícios para detalhar os eventos que seguiram a esta batalha e que resultaram na anexação do Texas aos EUA. 

A ótima produção e a boas sequências de violência são o ponto alto, em contrapartida a narrativa é irregular, muito por conta da longa duração que explora várias subtramas. 

No elenco, os destaques ficam para os personagens de Jeffrey Dean Morgan, Ray Liotta e Brendan Fraser, com o falecido Bill Paxton correto como o coronel Sam Houston, enquanto o francês Olivier Martinez está caricato vivendo o general mexicano Santa Anna. 

É um minissérie que vai agradar os fãs do western, mais que poderia ser melhor se fosse montada de uma forma mais concisa.

Comentários

Luiz Gomes disse…
Boa noite Hugo. Parabéns pela dica de especial.
Hugo disse…
Luiz - Obrigado

Postagens mais visitadas deste blog

Departamento Q (3 Filmes)

Departamento Q: O Guardião das Causas Perdidas (Kvinden I Buret, Dinamarca / Alemanha / Suécia / Noruega, 2013) – Nota 7,5 Direção – Mikkel Norgaard Elenco – Nikolaj Lie Kaas, Fares Fares, Sonja Richter, Mike Boe Folsgaard, Soren Pilmark, Troels Lyby. Uma ação malsucedida da polícia resulta na morte de um informante e dois detetives baleados. Carl Morck (Nikolaj Lie Kass) sobrevive sem sequelas, enquanto seu parceiro (Troels Lyby) termina tetraplégico. Meses depois, ao retornar para o trabalho, Carl é designado para o Departamento Q que fica em uma sala no porão da delegacia. Seu trabalho será analisar e encerrar casos antigos que não foram solucionados. Para ajudá-lo, é enviado o detetive de origem libanesa Assad (Fares Fares). Os dois renegados cruzam com o caso de uma assessora política (Sonja Richter) que foi dada como morta, mas que jamais foi encontrado o corpo. Eles encontram várias falhas na investigação e reabrem o caso contra a vontade do próprio chefe (Soren Pil

Ela

Ela (Her, EUA, 2013) – Nota 8 Direção – Spike Jonze Elenco – Joaquin Phoenix, Amy Adams, Scarlett Johansson, Olivia Wilde, Matt Letscher, Rooney Mara, Chris Pratt. Num futuro próximo, Theodore (Joaquin Phoenix) trabalha em uma empresa escrevendo cartas para pessoas que não tem tempo ou criatividade para escrever mensagens para seus pares ou amigos. Na verdade, Theodore cria o texto e dita para o computador que escreve por ele.  Solitário após ter se separado da namorada (Rooney Mara), Theodore tem dificuldades em lidar com seus sentimentos e se relacionar com as pessoas. Os poucos que se aproximam dele é um colega de trabalho que admira seu talento de escritor (Chris Pratt) e o casal Amy (Amy Adams) e Charles (Matt Letscher), que tenta lhe arrumar uma nova namorada.  A solidão de Theodore começa a diminuir quando ele adquire um novo programa de computador que promete agir como uma pessoa de verdade. Rapidamente ele cria um laço com a voz feminina do programa que se a

Sem Identidade

Sem Identidade (Sin Nombre, México / EUA, 2009) – Nota 8 Direção – Cary Joji Fukunaga Elenco – Edgar Flores, Paulina Gaitan, Kristyan Ferrer, Tenoch Huerta Mejia, Luis Fernando Peña, Diana Garcia. Numa cidade no Estado de Chiapas no México, o jovem Casper (Edgar Flores) pertence a violenta gangue dos “Maras”, que tem como um dos “passatempos” perseguir e assaltar imigrantes ilegais que passam pela região em direção a fronteira com os EUA.  Em Tegucigalpa, capital de Honduras, Sayra (Paulina Gaitan) é convencida pelo tio e pelo pai que ela não via há anos, para atravessar o país até o México e assim entrar clandestinamente nos EUA. O destino faz com que os caminhos dos dois jovens se cruzem.  Dirigido pelo competente Cary Joji Fukunaga, responsável pela ótima série “True Detective” , este é um dos longas mais realistas sobre a imigração ilegal na América Central. Violência, preconceito, exploração e um mínimo de solidariedade são os ingredientes desta verdadeira saga d