sábado, 1 de maio de 2010

A Hora do Pesadelo - Partes IV, V & VI


A Hora do Pesadelo IV – O Mestre dos Sonhos (A Nightmare on Elm Street 4: The Dream Master, EUA, 1988) – Nota 4
Direção – Renny Harlin
Elenco – Robert Englund, Lisa Wilcox, Tuesday Knight, Danny Hassel, Andras Jones, Rodney Eastman.
Neste episódio anterior Freddy Krueger (Robert Englund) foi assassinado e enterrado em solo sagrado, porém agora ele volta para se vingar dos jovens que o mataram. Ele consegue matar alguns, inclusive Kristen (Tuesday Knight, no filme anterior era Patricia Arquette) que tinha o poder de levar pessoas para os sonhos para lutar contra Freddy, mas antes de morrer ela passa seu poder para Alice (Lisa Wilcox), que terá de lutar contra o assassino deformado. A partir deste filme o personagem de Freddy começou a ser mais irônico que nos filmes anteriores, em virtude das mortes cada vez mais violentas e elaboradas, além das piadinhas infames, praticamente criando uma auto-paródia do personagem. A curiosidade é a direção de Renny Harlin, que havia feito outro terror chamado “Duro de Prender” (“Prison” no original) e ficaria famoso com “Duro de Matar II”.

A Hora do Pesadelo V – O Maior Horror de Freddy (A Nightmare on Elm Street: The Dream Child, EUA, 1989) – Nota 4
Direção – Stephen Hopkins
Elenco – Robert Englund, Lisa Wilcox, Kelly Jo Minter, Danny Hassel, Erika Anderson.
O casal Alice e Dan (Lisa Wilcox e Danny Hassel) sobreviventes do filme anterior e responsáveis por prender Freddy no limbo, vivem juntos e Alice fica grávida. Este fato dá oportunidade para Freddy atormentar a jovem através dos sonhos do bebê. Assim Freddy consegue voltar para matar todos os amigos do casal, até o confronto final com a jovem Alice. O único ponto alto é boa direção de Stephen Hopkins que cria poucas, mas bem feitas cenas de morte sem apelar para o ritmo acelerado imposto por Renny Harlin no filme anterior e nada mais que isso.

Pesadelo Final – A Morte de Freddy (Freddy’s Dead: The Final Nightmare, EUA, 1991) – Nota 3
Direção – Rachel Talalay
Elenco – Lisa Zane, Robert Englund, Shon Greenblatt, Yaphet Kotto, Alice Cooper, Johnny Depp.
Neste que foi intitulado na época como o último episódio da série, a história se passa dez anos após o quinto filme e Freddy continua preso a cidade de Springwood, mesmo agora que todas as crianças e adolescentes foram mortos. Ao mesmo tempo um jovem sem nome (Shon Greenblatt) é levado para um sanatório e tem no bolso apenas um recorte de jornal sobre um crime em Springwood. A Dra. Maggie (Lisa Jane) sendo a responsável pela instituição fica curiosa com o recorte e vai até a cidade investigar a noticia, descobrindo que ela mesma pode estar ligado com o assassino Freddy. Na época o filme fez barulho por mostrar os últimos quinze minutos em terceira dimensão e afirmar que seria a morte de Freddy, porém o longa é o mais fraco da série, tendo um roteiro que é uma piada. Em virtude de todo este barulho, conseguiram até colocar em pontas Johnny Depp, que trabalhou no original e o roqueiro Alice Cooper no papel do pai de Freddy, que aparece em flashback.

5 comentários:

Nekas disse...

Também me dizem que os filmes não valem a pena, mas pronto...
Quero ver o novo!


Abraço
Cinema as my World

Hugo disse...

Nekas - Estes são os mais fracos da série.

Abraço

Wally disse...

Minhas notas:

Parte IV: 7.5
Parte V: 4.0
Parte VI: 3.5

Gosto do quarto, acho bem divertido. Já os outros dois são os piores da série - ao lado do segundo.

Kahlil Affonso disse...

'A Hora do Pesadelo 4' é um ótimo filme! Claro que a série possui filmes melhores, mas não considero o quarto filme ruim!


NOVO LINK: http://cinema-em-dvd.blogspot.com/

Hugo disse...

Kahlil - As cenas de morte são bem feitas na parte IV, mas foi aí que começou o Freddy engracadinho... acabaram com o terror e transformaram no terrir...

Abraço