quinta-feira, 27 de maio de 2010

O Mesmo Amor, a Mesma Chuva

O Mesmo Amor, a Mesma Chuva (El Mismo Amor, La Misma Lluvia, Argentina, 1999) – Nota 8
Direção – Juan José Campanella
Elenco – Ricardo Darin, Soledad Villamil, Eduardo Blanco, Ulises Dumont, Graciela Tenenbaum, Alfonso de Grazia, Alicia Zanca, Mariana Richaudeau, Alejandro Buzzoni, Rodrigo De La Serna, David Masajnik.

O filme começa em 1980 quando o jornalista Jorge Pellegrini (Ricardo Darin) conhece Laura (Soledad Villamil) e os dois se apaixonam e resolvem morar juntos. Enquanto Jorge trabalha em uma revista escrevendo pequenos contos, Laura é garçonete e tem o objetivo de ser pintora.

A relação do casal se complica quando Laura consegue um emprego de produtora numa rádio, porém sem receber salário, dizendo que está seguindo seu sonho, enquanto tenta fazer com que Jorge se arrisque na carreira de escritor, mas ele não aceita e prefere ficar no emprego onde não é feliz, mas se sente seguro.

A história seguirá dez anos na vida do casal, passando pela separação e os reencontros, em paralelo com a carreira dos dois e a conturbada vida na Argentina no começo dos anos oitenta, com o fim da ditadura, passando pelas eleições diretas e as grandes mudanças no pais, inclusive de valores, principalmente nas transformações da revista onde Jorge trabalha e as conseqüências na vida dos funcionários de muitos anos.

Este filme argentino pouco conhecido tem o trio do ótimo “O Segredo dos Seus Olhos” juntos dez anos antes, numa história de paixão, drama e amor, que comprova a química em cena do casal Ricardo Darin e Soledad Villamil e o talento do diretor Juan José Campanella.

Uma história simpática e deliciosa, que merece ser descoberta.

3 comentários:

Amanda Aouad disse...

Interessante, vou procurar para assistir.

Hugo disse...

Amanda - É um filme pouco conhecido por aqui, mas muito bom.

Até mais

Pedro Henrique disse...

Esse é um Campanella que ainda me falta conferir, Hugo, mas vou fazer isso em breve, já que estou visitando a produção argentina recente.

Abs!