quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Dia 21 - Preto no Branco (Melhor Noir)

Relíquia Macabra (The Maltese Falcon, EUA, 1941) – Nota 10
Direção – John Huston
Elenco – Humphrey Bogart, Mary Astor, Peter Lorre, Sidney Greenstreet, Ward Bond, Elisha Cook Jr, Gladys George, Jerome Cowan.

Em San Francisco, o detetive Sam Spade (Humphrey Bogart) é procurado por uma bela e misteriosa mulher (Mary Astor) que deseja encontrar a irmã desaparecida. Mesmo desconfiando da mulher, ele aceita o caso, mas a situação se complica quando seu sócio (Jerome Cowan) é assassinado e Sam se torna suspeito por ser amante da esposa da vítima. 

Tentando descobrir o responsável pelo assassinato de seu sócio, Sam cruza o caminho de dois sujeitos perigosos (Peter Lorre e Sidney Greenstreet) que estão à procura de um valiosa estátua conhecida como “Falcão Maltês”. 

A complexa trama é apenas um dos aperitivos deste longa que reúne todos os elementos clássicos do genêro Noir. Temos a mulher fatal, os vilões perigosos, o ótimo trabalho de câmera e um elenco afiado. 

Uma verdadeira aula de cinema orquestrada pelo grande John Huston, que estreava na direção e também assinava o roteiro.

4 comentários:

Amanda Aouad disse...

Excelente mesmo. Aliás, adoro o estilo Noir.

bjs

Celo Silva disse...

não gosto desse filme, acho quase nonsense :(, mas deve ser problema meu mesmo. Prefiro LAURA e UM BEIJO ANTES DE MORRER

Luís disse...

Eu ainda não o conferi, embora esteja na minha lista faz tempo. Vou vê-lo essa semana, é uma promessa que faço a mim!

Hugo disse...

Amanda - O estilo rendeu grandes filmes.

Celo - Isso acontece, é uma questão pessoal, tem alguns clássicos que eu tb não gosto.

Luís - Depois escreva uma resenha.

Abraço