sábado, 1 de janeiro de 2011

A Dama de Shangai


A Dama de Shangai (The Lady From Shanghai, EUA, 1948) – Nota 7
Direção – Orson Welles
Elenco – Orson Welles, Rita Hayworth, Everett Sloane, Glenn Anders, Ted de Corsia.

O marinheiro Michael O’Hara (Orson Welles) conhece no Central Park a bela Elsa (Rita Hayworth) e a salva de um assalto. Atraído pela linda mulher, Michael é convidado para trabalhar no iate de seu marido, o advogado Arthur Bannister (Everett Sloane) para um cruzeiro pelo pacífico. A princípio ele não aceita, mas mesmo contrariado acaba embarcando no iate onde viaja também o cínico George Grisby (Glenn Anders) sócio de Arthur e um detetive (Ted de Corsia) disfarçado de mordomo. O triângulo amoroso e a ganância dos personagens levarão a um trágico final. 

O longa tem um trama clássica de filme noir, com uma mulher fatal que atrai um sujeito não muito honesto, o marido rico e outros personagens que não inspiram confiança, porém a montagem é um pouca confusa. Diz a história que Orson Welles queria lançar o filme com a duração de duas horas e meia, porém o estúdio não gostou e o longa acabou lançado com uma hora a menos, o que fica claro em algumas passagens rápidas. Ao que parece, um dos motivos da briga com o estúdio foi porque Welles pediu que a bela Rita Hayworth (sua esposa na época) cortasse o belo cabelo que era comprido e ainda se transformasse em loira, o que para muitos foi a culpa do fracasso de bilheteria.

Mesmo sendo considerado um clássico para muitos críticos, não considero um grande filme, tem boas interpretações mas com uma trama que poderia ser melhor desenvolvida, com destaque para a sequência final do tiroteiro na casa de espelhos. 

8 comentários:

Amanda Aouad disse...

Orson Welles virou sinônimo de clássico por causa de Cidadão Kane, mas ainda não vi A Dama de Shangai (abafa o caso) para dizer se ele merece ou não toda essa fama.

bjs

Kahlil Affonso disse...

eu gosto MUITO desse filme!


http://filme-do-dia.blogspot.com/

Rodrigo Mendes disse...

Kane foi a maldição de Welles e sua maior vitória. Consideram Kane o melhor filme do mundo. Não sei.

Posteriormente a filmografia de Orson é cult, e este filme é inestimável. Rita linda e com perfeita sincronia com o marido.

Abs.
Rodrigo

Hugo disse...

Amanda - É um filme confuso, mesmo tendo sequências muito bem filmadas.

Kahlil - Não considerei tão bom assim.

Rodrigo - Quem começa no auge, fica complicado se manter. Welles acabou sendo cobrado por isso em toda carreira.

Abraço a todos

Emmanuela disse...

Eu gostei de A Dama de Shangai. Mesmo sem liberdade, Welles conseguiu, incrivelmente, imortalizar algumas obras-primas.

Hugo disse...

Emmanuela - Orson Welles foi um dos cineastas que mais brigou contra o sistema de Hollywood e por isso muitas vezes foi boicotado.

Até mais

nelson fialho disse...

adorei esta pagina...mas, gostaria de saber como assistir os filmes
grato

Hugo disse...

Nelson - Muitos filmes antigos você pode encontrar no site Cinema Cultura e em blogs como Sala de Exibição e Laranja Psicodélica.

É só procurar estes nomes pelo Google.

Abraço