segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

G. I. Joe - A Origem de Cobra


G. I. Joe – A Origem de Cobra (G. I. Joe: The Rise of Cobra, EUA / República Tcheca, 2009) – Nota 6,5
Direção – Stephen Sommers
Elenco – Dennis Quaid, Channing Tatum, Sienna Miller, Marlon Wayans, Christopher Eccleston, Joseph Gordon Levitt, Said Tagmaoui, Adewale Akinnuoye Agbaje, Rachel Nichols, Byung Hun Lee, Ray Park, Arnold Vosloo, Jonathan Pryce, Kevin J. O’Connor.

O negociante de armamentos James McCullen (Christopher Eccleston) desenvolveu uma arma letal para o governo americano baseada na nanotecnologia. Um comboio do exército ao transportar o material é atacado e apenas dois homens sobrevivem, o Capitão Duke Hauser (Channing Tatum) e o soldado Ripcord (Marlon Wayans). A dupla é salva pelo grupo G. I. Joe, formado por soldados de elite liderados pelo General Hawke (Dennis Quaid). Lógico que os vilões não se darão por vencidos e voltarão a atacar, com o intuito de roubar os artefatos. 

O longa é baseado na série de bonecos, histórias em quadrinhos e desenhos animados que fizeram a fama dos personagens retratados aqui, porém peca por focar toda a força nos efeitos especiais, deixando um pouco de lado o roteiro recheado de diálogos ruins e o desenvolvimento dos personagens, o que levou o filme a fracassar. Algumas cenas de ação são legais, como a perseguição pelas ruas de Paris, por sinal oitenta por cento do filme são cenas de ação, o que deve ter agradado a molecada apenas. 

Os personagens são mal aproveitados, o General Hawk de Dennis Quaid é quase uma figura nula, Christopher Eccleston faz um vilão com um exagerado sotaque escocês e bom ator inglês Jonathan Pryce aparece pouco como presidente americano. Eu destacaria apenas a beleza de Sienna Miller. 

No geral o longa fica a dever e acredito que a continuação pensada pelo diretor ao deixar um gancho no final da história não será confirmada. 

4 comentários:

Rafael W. disse...

Uma bomba completa! E ainda tem efeitos especiais que parecem ter vindo da décad de 70.

http://cinelupinha.blogspot.com/

Hugo disse...

Rafael - É um filme que ficou abaixo do esperado.

Abraço

contaecinema disse...

Concordo plenamente com a crítica, porém não acho que tenha sido o pior do seu ano de lançamento, como muitos disseram.

http://contaecinema.wordpress.com/

Hugo disse...

Contae - Não é tão ruim, a questão é que o fãs tinham grande expectativa.

Abraço