quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

O Amor é Cego

O Amor é Cego (Shallow Hal, EUA, 2001) – Nota 6
Direção – Bobby & Peter Farrelly
Elenco – Gwyneth Paltrow, Jack Black, Jason Alexander, Joe Viterelli, Bruce McGill, Tony Robbins, Susan Ward.

Hal Larson (Jack Black) quando criança, ouviu de seu pai (Bruce McGill) no leito de morte, que ele deveria sempre escolher mulheres bonitas e na idade adulta segue a risca o pedido do pai, porém acaba levando um fora atrás do outro das mulheres belas, porém fúteis, que cruzam seu caminho. Num certo dia ele fica preso no elevador com o guru de auto-ajuda Tony Robbins (fazendo o papel dele mesmo) que após ouvir as histórias de Hal, resolve fazer um tipo de lavagem cerebral para que ele comece a ver a beleza interior das pessoas, o que irá causar muita confusão, principalmente quando ele se interessa por Rosemary (Gwyneth Paltrow), que ele vê como uma linda e magra garota, mas que na realidade digamos que é uma “gordinha”.

Como sempre os irmãos Farrelly focam nas piadas politicamente incorretas, mas acabam ficando num meio-termo, entre a comédia deslavada e uma história de amor.

O destaque fica para o engraçado Mauricio interpretado por Jason Alexander (o George de “Seinfed”), como o amigo que só também só procura gatas, mas sempre se dá mal.

6 comentários:

LuEs disse...

Lembro-me de que gostei desse filme quando o filme. Alguns momentos engraçadinhos, humor suave em boa parte do tempo e certa regularidade na qualidade. Jack Black e Gwyneth Paltrow não são grandes atores e filmes assim ajudam-nos a não caírem na mediocridade.
Boas cenas: o casal no barquinho e ela jogando a "calcinha" dela pra ele.
=)

O Cara da Locadora disse...

É um filme super bonitinho, apesar de certas cenas nojentas e desnecessárias (mas que a gente adora ver, rs)...

Realmente o Jason Alexander é ótimo, adoro ele...

Mateus, O Indolente disse...

O filme, em si, é ruim. Aquela velha lição de moral de um gênero bem enlatado.

Mas vale assistir só por Black. Sou um grande fã do ator/cantor, que, uma vez ou outra, aparece em um bom filme - mas esse não é o caso.

Cinema para Desocupados

Minerva Pop disse...

Fala Hugo!

De passagem para desejar um ótimo 2010 para você e para o Cinema-Filmes e Seriados.

Abraços

Sandro

Red Dust disse...

Gostei. Um humor fácil, mas muito divertido. Os 'bonecos' de Black e Paltrow estão bem trabalhados.

Bom ano de 2010!!!!!

Hugo disse...

Luís - Tem algumas cenas engraçadas, mas no geral é bem irregular.

Nespoli - Cenas nojentas são a cara dos Irmãos Farrelly.

Mateus - Black é um cara talentoso, mas já fez papéis melhores.

Sandro - Obrigado e um feliz 2010 para você tb.

Red - Como escrevi acima, tem algumas cenas engraçadas, mas não além disso.

Abraçoa o todos