sábado, 12 de dezembro de 2009

Um Amor Para Toda Vida

Um Amor Para Toda Vida (Closing the Ring, Inglaterra/Canadá/EUA, 2008) – Nota 6,5
Direção – Richard Attenborough
Elenco – Shirley MacLaine, Christopher Plummer, Mischa Barton, Neve Campbell, Gregory Smith, Stephen Amell, Martin McCann, Brenda Fricker, Pete Postlethwaite, David Alpay.

Nos dias atuais em Belfast na Irlanda, um garoto (Martin McCann) junto com um idoso (Pete Postlethwaite) encontram nos escombros de um avião da Segunda Guerra, um anel de um soldado americano morto no acidente. Enquanto isso nos EUA, a personagem de Shirley MacLaine enterra o marido que acabou de falecer, sem demonstrar sentimento algum, diferente da filha (Neve Campbell) e do amigo (Cristopher Plummer). Apesar da distância, os dois acontecimentos estão interligados a um segredo que será revelado.

Drama interessante com misto de romance, tragédia e política, tendo a ótima dupla de veteranos consagrados Shirley McLayne e Christopher Plummer como destaques, além do sempre bom irlandês Pete Postlethwaite (“Em Nome do Pai”), porém o elenco jovem é fraco (com exceção de outro irlandês, Martin McCann), mesmo as belas e conhecidos Mischa Barton e Neve Campbell não convencem. Outro ponto que faz o filme perder um pouco da força é o roteiro, que no final tenta solucionar todas as questões no mesmo momento e de forma certinha demais.

7 comentários:

Thiago Paulo disse...

Esse filme me lembrou muito Peral Harbor... Por isso, não curti muito ele! Mais o elenco adulto está muito bom, mesmo!

Abraço!

Pedro Henrique disse...

É quase um bom filme. O romance não consegue envolver o espectador por completo.

Hugo disse...

Thiago - Lembra um pouco "Pearl Harbor", mas não é tão pretensioso.

Pedro - Tb fiquei com esta impressão, faltou algo para empolgar o espectador.

Abraço

Wally disse...

Achei este filme fraquinho demais. Tem potencial de sobra, mas definha.

Nota 5.0

Hugo disse...

Wally - A minha nota é um pouco maior, mas concordo, o potencial da história foi mal aproveitado.

Abraço

Cristiano Contreiras disse...

Eu esperava mais, achei um emaranhado de cliches!

Hugo disse...

Cristiano - Todos que assistiram esperavam mais.

Abraço