terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Um Rapaz Solitário

Um Rapaz Solitário (The Lonely Guy, EUA, 1984) – Nota 6
Direção – Arthur Hiller
Elenco – Steve Martin, Charles Grodin, Judith Ivey, Steve Lawrence, Robyn Douglass.

O escritor Larry Hubbard (Steve Martin) após ser traído pela namorada tenta curar a tristeza conhecendo garotas em bares de solteiro, seguindo o conselho do amigo Warren (Charles Grodin), mas sua habilidade nas conquistas não é a ideal. Sentindo a solidão, Larry resolve escrever um livro descrevendo como é a vida de um rapaz solitário e para sua supresa a obra se torna um best-seller, o que atrai várias mulheres para seu caminho.

Comédia com alguns momentos engraçados, produzida numa época em que Steve Martin era visto apenas como um comediante e por este motivo utilizado muitas algumas vezes em filmes sem grande qualidade.

Este longa é apenas mediano, com uma história contada corretamente e sem surpresas, como a maioria dos longas do diretor Arthur Hiller.

3 comentários:

Pedro Henrique disse...

Esse do Hiller eu ainda não vi, mas fiquei curioso, apesar de não parecer ser tão bom filme.

Boas festas verdão!!!

Cintia Carvalho disse...

Oi Hugo!

Gostoso relembrar da série "Chips". Quando pequena eu não perdia um episódio e adorava. Saudades. Que atitude ruim do Larry Wilcox . É o ego na maioria das vezes atrapalha no sucesso de uma equipe. Interessante seu texto.

Ah legal saber tb que a Sally Field se aventurou como diretora. Vou pesquisar sobre isso, pois eu adoro esta atriz.

Lendas da paixão, eu vi no cinema e não gostei da história, pra mim chata e sem graça. E Brad Pitt ali não me convenceu.

Não conhecia o filme "cenas de natureza sexual". Vou procurar e assistir.

Já rapaz solitário eu vi e não gostei. Chatinho e Steve Martin tá muito sem graça nele. Fraco mesmo.

Um beijinho carinhoso e aproveito para lhe desejar um maravilhosoooooooooo 2010.

Hugo disse...

Pedro - O filme não é grande coisa.

Cintia - Disputa de egos entre pessoas famosas é mais complicado ainda.

Um Feliz 2010 para vocês.