terça-feira, 22 de dezembro de 2009

A Vida de David Gale

A Vida de David Gale (The Life of David Gale, EUA, 2003) – Nota 7,5
Direção – Alan Parker
Elenco – Kevin Spacey, Kate Winslet, Laura Linney, Gabriel Mann, Matt Craven, Leon Rippy, Rhona Mitra, Jim Beaver.

O renomado professor David Gale (Kevin Spacey) trabalha na Universidade do Texas ao mesmo tempo em que é um ativista contra a pena de morte. Porém ele acaba acusado de estupro e assassinato da colega Constance Harraway (Laura Linney), também professora e ativista da mesma causa.

Poucos dias antes de sua execução, David aceita ser entrevistado pela jovem repórter Bitsy Bloom (Kate Winslet), uma profissional ao extremo, que a príncipio vê o professor como apenas um assassino, mas as poucos percebe que existem muitos fatos escondidos por trás da condenação.

Interessante drama onde o ótimo diretor Alan Parker coloca na mesa a discussão sobre a pena de morte e filme sua história no Estado do Texas, local recordista em execuções nos EUA, numa região repleta de presídios. A discussão não vai a fundo se comparado por exemplo a “Mississipi em Chamas”, onde o diretor fez um grande filme sobre racismo, mas mesmo assim o tema é válido e tenta mostrar como o sistema de justiça americano tem muitas falhas e pode culpar um inocente.

Recheado de bons nomes, o desempenho do elenco é competente, mas sem brilho individual.

9 comentários:

LuEs disse...

Eu gosto desse filme. Acho-o interessante, principalmente porque mostra com bastante eficiência que nem sempre se condena a pessoa certa e que, com a morte, não se pode punir um suposto criminoso.
Vou revê-lo, certamente!

Cristiano Contreiras disse...

Uma das melhores atuações da Kate Winslet!

Sérgio Déda disse...

Assisti este filme para um trabalho de meu curso, achei mediano, mas muito interessante.

Dewonny disse...

Muito bom filme, faz um tempinho q assisti, lembro da Kate q está ótima!
Abs! Diego!

Cintia Carvalho disse...

Oi Hugo!

Vamos lá meu jovem:

1 - Amistad é lindo. Steven Spielberg surpreende mais uma vez ao dirigir de forma limpa e honesta este drama sobre a escravidão. Para mim um de seus melhores filmes.

2 - Não gosto do Jackie Chan e de seus filmes. O considero bobo e sem graça.

3 - Paranoia e Revolver não vi. Gostei do tema de revóver. Vou procurar para ver.

4 - Garota interrompida é muito bom e bonita homenagem a Brittany M. Morreu nova demais, enfim, coisas da vida. O filme é bem feito e Angelina Jolie mereceu o oscar.

5 - A vida de D G é excelente. Inclusie tenho o DVD dele.

Aproveito para lhe desejar um feliz e alegre natal!!

Um beijinho carinhoso.

Cintia Carvalho

Ciro Hamen disse...

Acho esse filme genial. E a reviravolta no final uma das melhores em qualquer roteiro. Atuações ótimas também! Fiquei com vontade de revê-lo.

Abraços!

Hugo disse...

Luís - O roteiro coloca na mesa está questão extremamente polêmica de forma inteligente e que nos faz refletir sobre o que é a justiça.

Cristiano e Diego - Gostei do filme, mas achei as atuações apenas competentes, inclusive a de Kate Winslet, nada mais que isso.

Cintia - Obrigado pelos comentários e um feliz natal para você e toda a sua família.

Um abraço a todos

Gema disse...

Gostei imenso deste filme. Mt bom mesmo e o desempenho de Spacey é magnifico.
Bjks

ac.my disse...

Amei o filme, o elenco sensacional.Com certeza vou revê-lo.
Cássia.