sábado, 22 de novembro de 2008

Em Busca do Ouro

Filme Assistido nº 168
Em Busca do Ouro (The Gold Rush, EUA, 1925) – Nota 9
Direção – Charles Chaplin
Elenco – Charles Chaplin, Georgia Hale, Mack Swain, Tom Murray.

Grande clássico de Chaplin interpretando um vagabundo que segue para o Alasca tentando encontrar ouro e durante o caminho faz amizade com Big Jim McKay (Mack Swain) e os dois seguem em busca da fortuna.

Com em grande parte dos seus filmes, Chaplin se apaixona para uma garota (Geórgia Hale) e cria seqüências maravilhosas, como a famosa dança dos pãezinhos e as cenas em que ele e o amigo morrendo de fome, comem suas botas como se fosse uma grande refeição e depois disso o amigo começa a persegui-lo alucinado pela fome, pensando que o vagabundo é um frango.

Como todo filme de Chaplin, é uma aula de cinema e um prazer para o coração de todos que assistem.

8 comentários:

Kau disse...

Hugo, este é meu ídolo. Chaplin é, pra mim, um dos maiores gênios do cinema... tudo oq ue ele fez foi magnífico. Pena que não acho Em Busca do Ouro seu melhor filme... ainda fico com Tempos Modernos.

Abraços.

Red Dust disse...

É sempre um prazer rever este filme cheio de situações cómicas de antologia. Recomenda-se, claro!!!!!

Abraço.

Hugo disse...

Kau - Também prefiro Tempos Modernos, mas Chaplin era um gênio, deixou um legado maravilhoso.

Red - Comédia pura e inofensiva, mas sensacional.

Abraços

Pedro Henrique disse...

É só olhar minha foto que já se percebe qual meu favorito do Chaplin, mas Em Busca do Ouro é outro filme espetacular de uma carreia genial.

Kamila disse...

"Em Busca do Ouro" é um filme simplesmente maravilhoso. Incrível como Chaplin tinha a capacidade de criar histórias extremamente simples, mas que causavam uma conexão enorme com o público.

Fifeco disse...

Ainda não vi nenhum filme do Chaplin. Estou á espera de um impulso para começar.

Abraço

Hugo disse...

Pedro - Sua foto diz tudo... a cena da dança com o Globo é clássica.

Kamila - A simplicidade se transformava em genialidade.

Fifeco - Assista, são filmes imperdíveis.

Elis Campos disse...

Chaplin, pra mim, é sinônimo de criatividade. Um gênio absoluto.

Abs!
Elis :-)