quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

O Melhor Lance

O Melhor Lance (La Migliore Oferta, Itália, 2013) – Nota 7,5
Direção – Giuseppe Tornatore
Elenco – Geoffrey Rush, Jim Sturgess, Sylvia Hoeks, Donald Sutherland, Philip Jackson, Dermot Crawley.

Virgil Oldman (Geoffrey Rush) é um leiloeiro especializado em obras de arte e antiguidades. Ao mesmo tempo em que é respeitado pela elite que participa de seus leilões, Oldman esconde um acervo particular adquirido com ajuda de um comprador picareta (Donald Sutherland). 

Solitário e metódico, a vida de Oldman começa a se complicar quando ele é procurado por uma jovem chamada Claire Ibbetson (Sylvia Hoeks), que deseja leiloar os móveis e os quadros que estão abandonados na mansão da família após a morte de seus pais. 

O problema é que Claire diz sofrer de uma doença que a impede de encarar as pessoas. A misteriosa jovem desperta sentimentos em Oldman, que para conquistá-la pede ajuda a um amigo (Jim Sturgess), dono de uma loja onde restaura traquitanas antigas, como relógios por exemplo. 

O diretor Giuseppe Tornatore, de “Cinema Paradiso”, entrega uma belíssimo filme na parte técnica. As obras de arte, a mansão repleta de antiguidades e até mesmo os cenários nas ruas são extremamente detalhistas. 

A interpretação de Geoffrey Rush é outro destaque. Seu interesse pela jovem faz com que ele perca o controle de sua vida, algo inimaginável para o personagem apresentado no início do longa. Por outro lado, o cinéfilo mais atento conseguirá matar a charada da trama lá pela metade do filme. 

É um filme interessante que prende a atenção. 

4 comentários:

Rodrigo Mendes disse...

Pra mim foi um resultado enfadonho, mesmo se tratando do diretor de Cinema Paradiso (um filme para a vida...) e mesmo estrelado pelo sempre ótimo Geoffrey Rush. Talvez reveja.

Abraço.

Hugo disse...

Rodrigo - Tornatore fez filmes melhores, mas mesmo assim gostei deste longa, principalmente da parte técnica e da interpretação de Geoffrey Rush.

Abraçp

Marília Tasso disse...

Adorei este filme, tecnicamente de encher os olhos, o enredo é cativante e Geoffrey Rush sempre é um espetáculo. Abraços!

Hugo disse...

Marília - Sem dúvida, Geoffrey Rush é um ótimo ator.