domingo, 20 de abril de 2014

A Perseguição

A Perseguição (The Grey, EUA, 2011) – Nota 7
Direção – Joe Carnahan
Elenco – Liam Neeson, Frank Grillo, Dermot Mulroney, Dallas Roberts, Joe Anderson, Nonso Anozie, James Badge Dale, Ben Bray.

Após cumprir o tempo de trabalho em uma empresa petrolífera no Alasca, um grupo de homens ganha folga. A viagem de volta que começa com piadas e brincadeiras, se transforma em pesadelo quando o avião apresenta um defeito e cai no meio das montanhas geladas. 

Oito sujeitos sobrevivem e o destino faz com que Ottway (Liam Neesom) se torne o líder, pois sua especialidade é ser um atirador de elite que trabalha matando animais selvagens que possam atacar os trabalhadores. Feridos e perdidos no meio do nada, Ottway percebe rapidamente que além da falta de água e comida, o perigo maior pode estar nos lobos que vivem na região. Não demora para os animais começarem a atacar, fazendo com o que grupo de homens tenha de se deslocar para tentar sobreviver. 

O diretor Joe Carnahan surgiu com o interessante policial “Narc” e deixou a expectativa de que poderia evoluir na carreira, porém isso não aconteceu. Seus trabalhos posteriores foram o péssimo “A Última Cartada” e o exagerado “Esquadrão Classe A”, este último também protagonizado por Liam Neeson, além de ter sido despedido da produção de “Missão Impossível III” após entrar em conflito com o astro Tom Cruise. 

Este “A Perseguição” é um trabalho um pouco melhor do diretor, mesmo sendo um filme de ação e violência, a narrativa é sóbria e o roteiro tem um razoável desenvolvimento dos personagens ao criar uma história de vida para cada um deles.

Alguns exageros como a cena do penhasco não atrapalham o resultado, destacando ainda as belas paisagens geladas onde se passa quase todo o filme.

4 comentários:

renatocinema disse...

Melhor que Narc????Eu amei Narc. Acredito que foi um filme pouco valorizado.

Fiquei curioso.

Hugo disse...

Renato - Acho que não me expressei bem. Este filme é melhor que “A Última Cartada” e o “Esquadrão Classe A”, mas "Narc" e ainda o melhor trabalho do diretor.

Abraço

Gustavo disse...

Achei esse suspense na neve sensacional. Os efeitos sonoros, em especial, são muito bem aplicados.
Perseguição e Narc mostram que há muito talento no cara, mas se ele for desperdiçar com coisas como Esquadrão, só lamento!

Hugo disse...

Gustavo - São dois bons trabalhos do diretor, que até agora se mostra irregular.

Abraço