domingo, 14 de abril de 2019

Um Ato de Esperança

Um Ato de Esperança (The Children Act, Inglaterra / EUA, 2017) – Nota 6,5
Direção – Richard Eyre
Elenco – Emma Thompson, Stanley Tucci, Fionn Whitehead, Ben Chaplin, Eileen Walsh, Nikki Amuka Bird, Rosie Cavaliero, Jason Watkins.

Em Londres, Fiona Maye (Emma Thompson) é uma juíza especializada em casos de família. Dedicando praticamente todo seu tempo ao trabalho, Fiona se afastou do marido (Stanley Tucci), que ameaça abandoná-la. 

A crise no casamento reflete nas decisões de Fiona referente o caso do adolescente Adam Henry (Fionn Whitehead), que com o apoio dos pais que são Testemunhas de Jeová se nega a receber uma transfusão de sangue que pode salvar sua vida. 

O roteiro baseado em livro de Ian McEwan tem uma premissa polêmica sobre a questão do conflito entre fé e ciência. O tema é bem desenvolvido na primeira parte do filme durante o julgamento do caso. 

Em um segundo momento a trama toma um rumo diferente, voltado para a questão da perda da fé e a busca de respostas para a vida. Infelizmente o filme se torna arrastado, muito por causa das crises de consciência da protagonista e do jovem doente. A personagem seca de Emma Thompson também não desperta empatia alguma com o espectador. 

É um filme que desperdiça a boa premissa.

2 comentários:

Liliane de Paula disse...

Esse assunto é bem interessante não lembro de ter assisto algum filme com esse problema.
As vezes não dá tempo de que nossa justiça (lenta e inoperante)se posicione.
Vc nunca dá spoiler.
Vou anotar para vê.
Trabalhando no Hospital Universitário de Brasília, encaminhei uma adolescente para cirurgia e enfrentamos problema parecido e que não foi solucionado.
Os país se negaram a assinar o documento que é necessário, para cirurgia, bem como se negaram a trazer doadores de sangue para o Hospital.
Levaram a menina sem cirurgia.

Não consegui achar "Lost London", nem "A viatura".

Hugo disse...

Liliane - Muitas pessoas colocam a religião acima de tudo.