quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

Manglehorn

Manglehorn (Manglehorn, EUA, 2014) – Nota 6,5
Direção – David Gordon Green
Elenco – Al Pacino, Holly Hunter, Harmony Korine, Chris Messina.

Manglehorn (Al Pacino) é um chaveiro solitário que sofre por um amor perdido há décadas. 

Dividindo o tempo entre os pequenos serviços, refeições em um restaurante popular e o carinho por um gatinha de estimação, ele sente que algo pode mudar quando começa a flertar com uma caixa de banco (Holly Hunter). 

O problema é que seu temperamento excêntrico tende a afastar as pessoas, inclusive atrapalhando o relacionamento com seu filho (Chris Messina). 

É um filme extremamente simples sobre solidão na terceira idade e principalmente frustrações que marcam para sempre a vida da pessoa. A dificuldade em esquecer um amor perdido pode durar a vida inteira, mesmo com a pessoa passando por outros relacionamentos. 

O filme não apresenta grandes surpresas, o foco é mostrar esta luta contra os próprios sentimentos. 

Mesmo sem ser espetacular, a atuação de Al Pacino é o destaque.

4 comentários:

Liliane de Paula disse...

Já sabe que esse é um filme que me é interessante.
História humana e que pode ser de verdade.
E com Holly Hunter que nunca mais vi.
Anotado.

Nina já tem camisa do Palmeiras?

Hugo disse...

Liliane - É um filme bem legal. Ainda não comprei a camisa.

Luli Ap disse...

Acho muito importante essa questão da solidão na terceira idade e confesso que acho estranho algumas pessoas passarem anos pensando em racionamentos que não deram certo, penso que deu certo pelo tempo que tinha que dar e se tiver que ser será, mas entendo e respeito já que relacionamento são muito pessoais.
Já favoritei aqui sou fã número um do Al Pacino!
Bjs Luli

Hugo disse...

Luli - Na terceira idade as frustrações da vida tendem a ser mais fortes. A pessoa normalmente começa a relembrar fatos que levam ao sofrimento.

Bjs