sábado, 3 de novembro de 2018

Tangerinas

Tangerinas (Mandariinid, Estônia / Geórgia, 2013) – Nota 8
Direção – Zaza Urushadze
Elenco – Lembit Ulfsak, Giorgi Nakashidze, Elmo Nuganen, Mikhail Meskhi, Raivo Trass.

Interior da Geórgia, 1992. Durante a Guerra Civil que assolou o país que buscava independência, os estonianos Ivo (Lembit Ulfask) e seu vizinho Margus (Elmo Nuganen) decidem ficar em suas casas ao invés de fugirem para a Estônia, como fez a maioria dos moradores da região. 

Margus deseja colher pela última vez as milhares de tangerinas que crescem em seu pomar, enquanto o idoso Ivo mantém uma relação sentimental com o local onde mora. 

Um conflito entre mercenários chechenos e soldados georgianos na estrada em frente a casa dos amigos resulta na morte de alguns homens. Dois inimigos acabam sobrevivendo feridos. O checheno Ahmed (Giorgi Nakashidze) e o georgiano Nika (Mikhail Meskhi) são resgatados por Ivo, que precisa mostrar força para mantê-los vivos e em paz. 

Este sensível longa acerta em cheio ao inserir um pouco de humanidade em meio a uma guerra. O protagonista tenta a todo custo colocar a vida acima do conflito, mesmo que nem sempre o resultado seja o melhor possível. 

O roteiro explora ainda a questão da ignorância dos soldados, que muitas vezes lutam acreditando em alguma mentira ou até mesmo por dinheiro. Os diálogos entre os dois sobreviventes do tiroteio deixam esta situação bem clara. Eles se odeiam mesmo sem saber exatamente o porquê. 

É um filme simples, de baixo orçamento e que vai direto ao ponto ao detalhar o absurdo da guerra.

6 comentários:

Liliane de Paula disse...

Faz tempo que vi esse filme.
E gostei.
Mas o que mais me encantou foi o título.
Bom ler sua resenha.
Relembrei do filme.

Hugo disse...

Liliane - O título chama bastante a atenção.

Luli Ap disse...

Olá Hugo
Achei o plot interessante porque é uma visão diferente do que estou acostumada a ver um filmes de guerra.
E não é sempre que você dá uma nota 8.
Mas sinceramente assistiria só por esse título, uma overdose de fofurice.
Bjs Luli

Hugo disse...

Luli - O título é diferente e a história é triste.

Bjs

Marília Tasso disse...

Simples, mas valioso! Amo esse filme e seu protagonista, Ivo <3

Hugo disse...

Marília - O protagonista é um ótimo personagem.

Abraço