sábado, 11 de agosto de 2018

O Resgate de um Campeão

O Resgate de um Campeão (Resurrecting the Champ, EUA, 2007) – Nota 7
Direção – Rod Lurie
Elenco – Josh Hartnett, Samuel L. Jackson, Kathryn Morris, Dakota Goyo, Alan Alda, Rachel Nichols, Teri Hatcher, David Paymer, Harry Lennix, Peter Coyote, Kristen Shaw.

Eric Kernan Jr (Josh Hartnett) é um jornalista especializado em esportes que está em busca de uma história marcante para subir na carreira. 

O destino faz Eric cruzar o caminho de um morador de rua (Samuel L. Jackson) que estava lutando boxe e apanhando de três jovens em um beco. Eric ajuda o desconhecido que diz se chamar Bob Satterfield e que afirma ter sido um famoso boxeador nos anos cinquenta. 

Instigado com a história, ele encontra poucas informações sobre o lutador, mas mesmo assim decide escrever uma matéria sobre o sujeito, além de criar um laço de amizade com o falante Bob. 

O filme foi vendido como inspirado em uma história real, assim como o lutador Bob Satterfield realmente existiu, mas na verdade o que ocorreu é bem diferente do que é detalhado aqui. 

Mesmo assim, o filme ganha pontos pela química entre a dupla de protagonistas, principalmente pela caracterização de Samuel L. Jackson. Seu personagem é uma figura extremamente carismática. 

O roteiro é previsível, não é difícil descobrir o que vai ocorrer, mas isso não chega a atrapalhar. É basicamente um simpático filme sobre solidão, ambição e frustrações.

4 comentários:

Liliane de Paula disse...

Não gosto de histórias de lutas e de lutadores.
Sempre torço pelo perdedor.
O elenco é cheio de estrelas.
Tem Alan Alda, Peter Coyote, Tery Hatcher

Hugo disse...

Liliane - O filme é um drama sobre um ex-boxeador, não é focado nas lutas.

Luli Ap disse...

Parece interessante, mas se é baseado numa história, deveria ser fiel aos fatos né non?
Mas achei interessante a proposta.
Bjs Luli

Hugo disse...

Luli - Existem muitos filmes que são baseados ou inspirados em histórias reais, mas que na verdade resultam em versões modificadas do que realmente aconteceu. É o caso deste bom filme.

Bjos