sábado, 15 de abril de 2017

A Lei da Noite

A Lei da Noite (Live by Night, EUA, 2016) – Nota 7
Direção – Ben Affleck
Elenco – Ben Aflleck, Zoe Saldana, Elle Fanning, Chris Messina, Chris Cooper, Brendan Gleeson, Remo Girone, Robert Glenister, Sienna Miller, Miguel J. Pimentel, Max Casella, Titus Welliver, Christian Clemenson, J. D. Evermore.

Boston, anos vinte. Joe Coughlin (Ben Affleck) é um veterano da Primeira Guerra Mundial que se torna ladrão de bancos. Seu talento para o crime o coloca no meio de uma disputa por território entre as máfias italiana e irlandesa. 

Para complicar ainda mais a situação, Joe tem um caso com Emma (Sienna Miller), que também é amante do chefão da máfia irlandesa. Esta situação é apenas o ponto de partida de um roteiro que segue a ascensão de Joe Coughlin dentro do mundo do crime. 

A história é baseada em livro de Dennis Lehane, autor de “Sobre Meninos e Lobos”, “Medo da Verdade” e “Ilha do Medo”. Apesar de não ter a mesma força da história dos filmes citados e tendo sido destruído pela crítica, esta adaptação comandada por Ben Aflleck resulta num interessante drama policial sobre o mundo do crime em meio a Lei Seca. 

A história é quase uma saga. O protagonista enfrenta vários desafios no submundo, desde conflitos com pai (Brendan Gleeson), disputas com bandidos concorrentes, questões políticas e até mesmo a ação da Ku Klux Klan. A reconstituição de época é outro ponto alto. Figurinos, carros, móveis e armas estão perfeitos. 

O longa perde pontos pela narrativa irregular. As várias histórias intercalam alguns momentos mortos. Outro ponto negativo é a apática atuação de Ben Affleck. Para quem tem um pouco mais de idade, com certeza imaginou como resultaria este longa nas mãos de Martin Scorsese e de Robert De Niro ou Al Pacino no auge da carreira.

2 comentários:

Liliane de Paula disse...

Bem Affleck que gosto muito tem feito filmes de ação.
As vezes nem entendo o filme. Como Argus.

Hugo disse...

Liliane - Ele se tornou também diretor.